A arquitetura moderna latino-americana nas publicações do MoMA: uma modernidade inventada? - DOI: 10.5752/P.2316-1752.2011v18n22p108

  • Sulamita Fonseca Lino
Palavras-chave: modernidade, movimento moderno, publicações, arquitetura.

Resumo

Este trabalho aborda a maneira como o movimento moderno
na America Latina foi apresentado em duas publicações do Museum of Modern Art (MoMA): “Brazil Builds: Architecture New
and Old” (1943) e “Latin American Architecture since 1945”
(1955). Nessas publicações os historiadores e críticos da arquitetura
norte-americanos apresentaram uma hipotética difusão da
arquitetura moderna na América Latina. A revisão dessa literatura
na contemporaneidade nos apresenta as seguintes perguntas:
a arquitetura latino-americana estava realmente de acordo
com as questões da modernidade internacional? Ou, para os historiadores e críticos americanos e para os arquitetos locais, tudo
isso não passou de uma modernidade inventada?

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CANCLINI, Nestor. Culturas híbridas: estratégias para entrar e sair da modernidade. São Paulo: Edusp, 1998.

COSTA, Lúcio. Muita construção, alguma arquitetura e um milagre. In: ARTE EM REVISTA. São Paulo: Kairós, n. 4, agosto, 1980.

GOODWIN, Philip L. Brazil builds: architecture new and old 1652-1942. New York: the Museum of Modern Art, 1943.

GIUNTA, Andrea. Strategies of modernity in Latin America. In: MOSQUERA, Gerardo (Org.). Beyond the fantastic: contemporary art criticism from Latin America. Cambrigde, Mass: MIT Press, 1996.

HEYNEN, Hilde. Architecture and modernity: a critique. Cambrigde, London: MIT Press, 1999.

HITCHCOCK, Henry-Russell. Latin American architecture since 1945. New York: the Museum of Modern Art, 1955.

LINA BO BARDI. Coordenador editorial: Marcelo Carvalho Ferraz. São Paulo: Instituto Lina Bo e Pietro Maria Bardi, 1996.

LINO, Sulamita Fonseca. O Modernismo “com sabor local”: contatos, trocas e misturas na arquitetura e nas artes brasileiras. 2004, 163 f. Dissertação (Mestrado em Análise Crítica e Histórica da Arquitetura e do Urbanismo) – Escola de Arquitetura, Universidade Federal de Minas Gerais, 2004.

ORTIZ, Renato. Cultura brasileira e identidade nacional. São Paulo: Brasiliense, 1986.

WISNIK, Guilherme. Lucio Costa. São Paulo: Cosac & Naify, 2001.

ADES, Dawn. Arte na América Latina: a era moderna, 1820-1980. São Paulo: Cosac & Naify, 1997.

DANTO, Arthur. A transfiguração do lugar-comum: uma filosofia da arte. São Paulo: Cosac & Naify, 1997

FER, Briony; BATCHELOR, David; WOOD, Paul. Realismo, racionalismo, surrealismo: a arte do entre-guerras. São Paulo: Cosac & Naify, 1998.

GOLDWATER, Robert. Primitivism in modern art. New York: Vintage Books, 1967.

HARRISON, Charles; FRASCINA, Francis; PERRY, Gill.Primitivismo, Cubismo e Abstração: começo do século XX. São Paulo: Cosac & Naify Edições, 1998.

RUBIN, W. (Ed.). Primitivism in 20th century art: affinity of the tribal and the modern. New York: The Museum of Modern Art, 1994.

SCHWARTZ, Jorge. Vanguardas Latino-Americanas: polêmicas, manifestos e textos críticos. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo: Iluminuras: FAPESP, 1995.

Publicado
16-05-2012