Crise, persuasão e o universo cultural do barroco - DOI: 10.5752/P.2316-1752.2011v18n22p90

  • Rodrigo Baeta
Palavras-chave: Barroco, crise, persuasão.

Resumo

A arte barroca perseguiria, incondicionalmente, a elaboração de
um discurso de qualidade altamente retórica com o objetivo de
alcançar a meta final da persuasão. As motivações que impulsionariam o exercício da persuasão estariam vinculadas à construção de estratégias de propaganda empreendidas pela Igreja e pelos governos autoritários, em crise constante por causa do colapso econômico, político, mas principalmente devido às revoltas sociais que se desenhavam na esfera das sociedades seiscentistas, um panorama conturbado que se estenderia à próxima centúria. Por meio do artifício da imaginação e da fantasia, logo, da dramatização e da teatralização das expressões visibilísticas, os artistas, comprometidos com as monumentais estruturas de
poder, construiriam um sedutor discurso de alto teor retórico que
revelaria, simbolicamente, o caráter grandioso da Igreja e dos
impérios absolutistas, dirigindo as massas a um comportamento
adequado de apoio e subordinação aos governos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARGAN, Giulio Carlo. Immagine e persuasione. Milano: Feltrinelli, 1986.

ARGAN, Giulio Carlo. L’Europa delle capitali. Milano: Skira, 2004.

BATTISTINI, Andrea. Il Barocco: cultura, miti, immagini. Roma: Salerno, 2002.

CHECA, Fernando; MORÁN, José Miguel. El Barroco. Madrid: Istmo, 2001.

CROCE, Benedetto. Storia dell’età barocca in Italia. Milano: Adelphi, 1993.

D’ORS, Eugenio. Du Baroque. Paris: Gallimard, 1968.

HAUSER, Arnold. História social da arte e da literatura. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

MARAVALL, José Antonio. La cultura del Barroco. Barcelona: Ariel, 2007.

PARKER, Geoffrey. Il soldato. In: VILLARI, Rosario (org.). L’uomo barocco. Roma-Bari: Laterza, 2005.

VILLARI, Rosario (org.). L’uomo barocco. Roma-Bari: Laterza, 2005.

WEISBACH, Werner. El Barroco, arte de la Contrarreforma. Madrid: Espasa-Calpe, 1948.

Publicado
16-05-2012