Gerenciamento dos resíduos sólidos da construção civil - DOI: 10.5752/P.2316-1752.2014v21n28p46

  • Lygia Prota Pontifícia Universidade de Minas Gerais
Palavras-chave: Política de resíduo sólido, Resíduo sólido da construção civil, Reciclagem de entulho.

Resumo

O crescimento do setor da construção civil traz o aumento no volume dos resíduos sólidos, e o seu gerenciamento no Brasil se apresenta ainda como práticas incipientes. Os programas de coleta, transporte e reciclagem de entulho não são complementados e compartilhados de forma eficiente pelas empresas da construção civil ou de coleta de entulho. Não se pode pensar sobre o problema apenas criando áreas para a deposição desses resíduos sem que haja uma consciência maior sobre a sua origem. É preciso atuar desde a elaboração do projeto e, principalmente, dentro dos canteiros de obra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lygia Prota, Pontifícia Universidade de Minas Gerais

Arquiteta urbanista, mestre em Turismo e Meio Ambiente. Professora do curso de Arquitetura e Urbanismo da PUC Minas.

Referências

AMBIENTE BRASIL. Conferência das Nações Unidas sobre

Meio Ambiente e Desenvolvimento – ECO-92. Curitiba:

Ambiente Brasil, 200-. Disponível em: <http://ambientes.ambientebrasil.

com.br/gestao/artigos/conferencia_das_nacoes_

unidas_sobre_meio_ambiente_e_desenvolvimento_-_eco-92.

html>. Acesso em: 24 jan. 2014.

Associaç ão Brasileira de Normas Técnicas . NBR

:2004: Resíduos da construção civil sólidos. Diretrizes para

projeto, implantação e operação. Rio de Janeiro: ABNT, 2004.

Associaç ão Brasileira de Normas Técnicas . ABNT

NBR 15112 - Resíduos da construção civil e resíduos volumosos.

Áreas de transbordo e triagem. Diretrizes para projeto,

implantação e operação Rio de Janeiro, 2004b.

Associaç ão Brasileira de Normas Técnicas . ABNT

NBR 15113 - Resíduos sólidos da construção civil e resíduos

inertes. Aterros. Diretrizes para projeto, implantação e operação

Rio de Janeiro, 2004c.

Associaç ão Brasileira de Normas Técnicas . ABNT

NBR 15114 - Resíduos sólidos da construção civil. Áreas de reciclagem.

Diretrizes para projeto, implantação e operação Rio

de Janeiro, 2004d.

Associaç ão Brasileira de Normas Técnicas . ABNT

NBR 15115 - Agregados reciclados de resíduos sólidos da

construção civil. Execução de camadas de pavimentação. Procedimentos.

Rio de Janeiro, 2004e.

Associaç ão Brasileira de Normas Técnicas . ABNT

NBR 15116 - Agregados reciclados de resíduos sólidos da

construção civil. Utilização em pavimentação e preparo de concreto

sem função estrutural. Requisitos. Rio de Janeiro, 2004f.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR

ISO 14004:1996: Sistemas de gestão ambiental. Diretrizes

gerais sobre princípios, sistemas e técnicas de apoio. Rio de

Janeiro: ABNT, 1996. Disponível em: <http://pt.scribd.com/

doc/30905770/Abnt-Nbr-14004-Iso-Gestao-Ambiental>. Acesso

em: 16 nov. 2013.

BRASIL. Lei n. 12.305, de 2 de agosto de 2010. Institui a Política

Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei n. 9.605, de 12 de

fevereiro de 1998; e dá outras providências. Brasília: Presidência

da República; Portal da Legislação, 2010. Disponível em:

<http://www.planalto,gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/lei/

l12305.html>. Acesso em: 25 ago. 2013.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Comissão de Políticas

de Desenvolvimento Sustentável e da Agenda 21 Nacional.

Agenda 21 Brasileira: ações prioritárias. 2. ed. Brasília: Ministério

do Meio Ambiente, 2004. Disponível em: <http://www.

mma.gov.br/sitio/index.php?ido=conteudo.monta&idEstrutura=

&idConteudo=908&idMenu=374>. Acesso em: 19 dez. 2011.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Conselho Nacional de

Meio Ambiente. Resolução n. 307, de 5 de julho de 2002. Estabelece

diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão

dos resíduos da construção civil. Brasília: Ministério do Meio

Ambiente, 2002. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/port/

conama/legiabre.cfm?codlegi=307>. Acesso em: 15 jan. 2014.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Conselho Nacional de

Meio Ambiente. Resolução n. 431, de 24 de maio de 2011. Altera

o art. 3º da Resolução n. 307, de 5 de julho de 2002, do Conselho

Nacional do Meio Ambiente – Conama, estabelecendo nova

classificação para o gesso. Brasília: Ministério do Meio Ambiente,

Disponível em: <http://www.mma.gov.br/port/conama/legiabre.

cfm?codlegi=649>. Acesso em: 15 jan. 2014.

CARELI, E. D. A Resolução CONAMA nº 307/2002 e as Novas

Condições para Gestão dos Resíduos de Construção

e Demolição. 2008. 154 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia

Civil) – Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula

Souza, São Paulo, 2008.

CASSA, J. C. S.; CARNEIRO, A. P.; BRUM, I. A. S. (Org.). Reciclagem

de entulho para produção de materiais de construção:

Projeto Entulho Bom. Salvador: Editora UFBA/Cef, 2001.

Conselho Brasileiro de Construç ão Sustentável .

Conjunto de indicadores de sustentabilidade de empreendimentos

– uma proposta para o Brasil: texto preliminar

completo. São Paulo: CBCS, 2011. Disponível em:

www.cbcs.org.br/userfiles/download/CBCS_TextoPreliminar-

Completo_ConjuntoIndicadoresSustentabilidadeEmpreendimentos.

pdf>. Acesso em: 27 mar. 2014.

CONSTRUÇÃO civil prevê crescimento acima do PIB brasileiro

em 2011. Portal Brasil, Brasília, 11 fev. 2011. Disponível

em: <http://www.brasil.gov.br/noticias/arquivos/2011/02/11/

construcao-civil-espera-crescer-mais-que-o-pib-brasileiro-este-

-ano-diz-cbic>. Acesso em: 25 jan. 2014.

EKANAYAKE, L., OFORI, G. Construction material waste

source evaluation. Proceedings: strategies for a sustainable

built environment, Pretoria, South Africa, p. 35-1 to 35-6, 23-25

Aug. 2000. Disponível em: <http://www.researchgate.net/researcher/

_Lawrence_Lesly >. Acesso em: 02 jan. 2011.

FUNDAÇÃO VANZOLINI. Certificação de construção sustentável:

Processo AQUA. São Paulo: Fundação Vanzolini,

-. Disponível em: <http://www.vanzolini.org.br/hotsite-77.

asp?cod_site=77>. Acesso em: 3 jan. 2014.

Green Building Council Brasil . Certificação LEED.

Barueri: GBC, 200-. Disponível em: <http://gbcbrasil.org.

br/?p=certificacao>. Acesso em: 16 nov. 2013.

JADOVSKI, I. Diretrizes técnicas e econômicas para usinas

de reciclagem de resíduos de construção e demolição.

178 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia) - Universidade

Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2005.

JOHN, V. M.; AGOPYAN, V. Reciclagem de resíduos da construção.

In: SEMINÁRIO RESÍDUOS SÓLIDOS DOMICILIARES,

, São Paulo, Anais... São Paulo: Secretaria de Meio

Ambiente do Estado de São Paulo e Companhia de Tecnologia

de Saneamento Ambiental; Departamento de Engenharia de

Construção Civil; Escola Politécnica da USP (PCC USP), 2000.

Disponível em: <http://globalconstroi.com/images/stories/

Manuais_tecnicos/2010/reciclagem_residuos/CETESB.pdf >.

Acesso em: 10 jan. 2014.

JOHN, V. M.; PRADO, R. T. A. (Coord.). Boas práticas para habitação

mais sustentável. São Paulo: Páginas & Letras, 2010.

JOHN, V. M. Reciclagem de resíduos na construção civil:

contribuição para metodologia de pesquisa e desenvolvimento.

113 f. Tese (Doutorado Livre Docência) – Universidade

de São Paulo, São Paulo, 2000.

LAPA, José Silva. Estudo de viabilidade técnica de utilização

em argamassa do resíduo de construção oriundo do

próprio canteiro de obra. 2011. 132 f. Dissertação (Mestrado

em Construção Civil) - Universidade Federal de Minas Gerais,

Belo Horizonte, 2011.

LORDÊLO, P. M.; EVANGELISTA, P. P. A.; FERRAZ, T. G. A. Gestão

de resíduos na construção civil: redução, reutilização e

reciclagem. Salvador: Senai-BA, 2007.

MÁLIA, Miguel Ângelo Borges. Indicadores de resíduos de

construção e demolição. 2010. 124 f. Dissertação (Mestrado em

Engenharia Civil) - Universidade Técnica de Lisboa, Lisboa, 2010.

MILARÉ, É. Direito do ambiente: a gestão ambiental em

foco. 6. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2009.

MILLER JUNIOR, G. T. Ciências ambientais. São Paulo:

Thompson Learning, 2007.

MIRANDA, L. F. R.; ÂNGULO, S. C.; CARELI, É. D. A reciclagem

de resíduos de construção e demolição no Brasil: 1986-

Revista Ambiente Construído, Porto Alegre, v. 9, n. 1,

p. 57-71, jan./mar. 2009.

PINTO, T. P.; GONZALES, J. Manejo e gestão de resíduos da

construção civil: manual de orientação: como implantar um

sistema de manejo e gestão nos municípios. Brasília: CEF, 2005.

Sindicato da Ind ústria da Construç ão Civil de Minas

Gerais . Gerenciamento de resíduos sólidos da construção

civil. 3. ed. rev. e aum. Belo Horizonte: Sinduscon-MG, 2008.

STEVANATO, S. Estudo de viabilidade de implantação de

usina de moagem de entulho com recursos da iniciativa

privada no município de Bauru. 2005. 135 f. Dissertação

(Mestrado em Engenharia Industrial) - Universidade Estadual

Paulista Julio de Mesquita Filho, Bauru, São Paulo, 2005.

Publicado
23-09-2014