ASPECTOS DA RESTAURAÇÃO SOB A ABORDAGEM DE CARBONARA

  • Andrei Ruppenthal Siluk Unifra
  • Vanessa de Conto ULBRA
  • Ângela Grandeaux Pisani URI
  • Janis Elisa Ruppenthal UFSM
Palavras-chave: Igreja Nossa Senhora Conceição. Escola de Artes e Ofícios Hugo Taylor. Rio Grande do Sul.

Resumo

Este artigo aborda as ideias de restauração e conservação de bens históricos e culturais com base
em Brandi e Carbonara. Posteriormente, utiliza-se desse substrato teórico para discussão das decisões
ocorridas na prática, por meio de casos empíricos. Dessa forma, escolheu-se para análise
mais detalhada o caso da restauração da Igreja Nossa Senhora da Conceição, em Porto Alegre,
comentando-se os aspectos em relação à teoria de Carbonara. Buscando-se um exemplo oposto, é
apresentada a restauração do prédio da Escola de Artes e Ofícios Hugo Taylor. A metodologia usada
foi a pesquisa bibliográfica e documental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andrei Ruppenthal Siluk, Unifra
Arquiteto e urbanista pela Unifra.
Vanessa de Conto, ULBRA

Mestranda do Programa de Pós-graduação
em Engenharia de Produção da
UFSM, cientista da computação pela
URI, graduanda do curso de Arquitetura
e Urbanismo da Ulbra.

Ângela Grandeaux Pisani, URI

Mestra em Engenharia Civil pela
UFSM, professora do curso de Arquitetura
da URI, arquiteta e urbanista pela
Unisinos.

Janis Elisa Ruppenthal, UFSM

Doutora em Engenharia de Produção
pela UFSC, mestra em Engenharia de
Produção pela UFSM, professora do
Departamento de Engenharia de Produção
da UFSM, engenheira química.

Publicado
29-11-2016
Seção
Artigos