ADOLF LOOS E A CRISE DO ORNAMENTO

  • Aziz José de Oliveira Pedrosa UFMG
Palavras-chave: Ornamento. Modernismo. Adolf Loos.

Resumo

A partir de meados do século XIX, discussões diversas atuaram como somatório para articulação do
pensamento moderno diante de questões relativas à cultura, à arte e à Arquitetura. Na diversidade
das propostas encabeçadas por tal mentalidade, entra em crise o ornamento e começam a surgir
importantes reflexões acerca da ruptura com o passado, em nome das transformações culturais e do
estabelecimento do Modernismo. Nesse âmbito, destaca-se Adolf Loos, que teve na luta contra o
ornamento algumas das sementes que desenvolveram as ideias reformadoras em voga.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aziz José de Oliveira Pedrosa, UFMG
Doutorando no Programa de Pós-
-graduação em Arquitetura e Urbanismo
da Universidade Federal de Minas
Gerais (UFMG), mestre em Arquitetura
e Urbanismo pela UFMG, especialista
em História e Cultura da Arte pela
UFMG, designer de produto pela Universidade
do Estado de Minas Gerais.
Publicado
20-12-2016
Seção
Artigos