O argumento pluralista em favor do realismo hipotético de Feyerabend

  • Tiago Luis Teixeira Oliveira
Palavras-chave: Feyerabend, Instrumentalismo, Pluralismo, Realismo hipotético

Resumo

Neste artigo procuramos expor o pensamento do austríaco Paul Feyerabend (1924-1994) sobre a desejabilidade do realismo científico em relação ao instrumentalismo. O seu principal argumento é a fertilidade heurística do realismo, favorecendo o aparecimento e a conservação de teorias rivais cuja concorrência demanda o desenvolvimento dos pontos de vista em questão. Apresentamos três exemplos históricos que corroboram a visão feyerabendiana: a teoria copernicana, a teoria quântica e o caso do movimento browniano. Discutimos também algumas objeções ao realismo feyerabendiano e sugerimos a influência de Mill sobre o posicionamento de nosso autor.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tiago Luis Teixeira Oliveira
Bacharel e licenciado em Filosofia pela PUC-MG, mestre em filosofia pela UFMG. Professor dos colégios Santo Antônio e Sagrado Coração de Jesus.
Publicado
19-06-2012
Como Citar
Oliveira, T. L. T. (2012). O argumento pluralista em favor do realismo hipotético de Feyerabend. Sapere Aude, 3(5), 142-160. Recuperado de https://periodicos.pucminas.br/index.php/SapereAude/article/view/3182
Seção
ARTIGOS/ARTICLES: DOSSIÊ/DOSSIER