GRANJINHAS ESCOLARES: IDENTIFICAÇÃO DE MUDANÇAS HISTÓRICAS DE PERCEPÇÕES SOBRE INFÂNCIA NO MUNICÍPIO DE IBIRITÉ (MG)

  • Paula Dantas de Oliveira Pelizer UEMG - Universidade do Estado de Minas Gerais
  • Camila Jardim de Meira Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Guilherme Henrique Gonçalves Ferreira Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG/Unidade Ibirité)
  • Elenice de Fátima Coelho Rabelo Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG/Unidade Ibirité)
Palavras-chave: Granjinhas Escolares; Helena Antipoff; Inquérito de Ideais e Interesses; Ibirité

Resumo

Este trabalho apresenta reflexões sobre mudanças históricas das percepções sobre a Infância no município de Ibirité - MG, por meio da aplicação do “Inquérito de Ideais e Interesses”, proposto por Helena Antipoff no ano de 1929, em crianças de 10 anos que participaram do Projeto Granjinhas Escolares em parceria com os profissionais da Escola Estadual Sandoval de Azevedo – Fundação Helena Antipoff, no ano de 2019. O projeto de pesquisa considera a apropriação de fundamentos educacionais das Granjinhas Escolares dos anos de 1957 a 1974, utilizadas por Helena Antipoff e seus colaboradores, em uma perspectiva de formação integral de professores rurais. A aplicação do Inquérito teve o intuito inicial de compreender as crianças e seus anseios para proposição de práticas mais significativas, entretanto, o instrumento revelou diferentes formas de percepções acerca das infâncias vividas no contexto investigado. Dados da pesquisa revelam aproximações e distanciamentos entre as percepções das crianças mineiras ouvidas na década de 1934 e no ano de 2019.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paula Dantas de Oliveira Pelizer, UEMG - Universidade do Estado de Minas Gerais

Psicóloga pelo Centro Universitário Newton Paiva, e graduanda em Pedagogia pela Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG/Unidade Ibirité)

Camila Jardim de Meira, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Pedagoga pela Pontifícia Universidade Católica (PUC/MG), mestre em Educação Tecnológica pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET/MG), e doutoranda em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). E-mail: camilajardimdemeira@gmail.com

Guilherme Henrique Gonçalves Ferreira, Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG/Unidade Ibirité)

Graduado em Educação Física e graduando em Pedagogia pela Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG/Unidade Ibirité).

Elenice de Fátima Coelho Rabelo, Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG/Unidade Ibirité)

Graduanda em Pedagogia pela Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG/Unidade Ibirité).

 

REFERÊNCIAS

ANTIPOFF, Helena  Démarche  de  Helena  Antipoff  visando  a  instalação  de uma  Granja  Escolar.In:  Centro  de  Documentação  e  Pesquisa  Helena  Antipoff (CDPHA) (Org).  Coletânea  das  obras  escritas  de  Helena  Antipoff.  Belo  Horizonte: Imprensa Oficial, 1992. 4v. 103 –104 p.

ANTIPOFF, H. Fundamentos da Educação. In: ANTIPOFF, H. Coletânea das obras escritas de   Helena      v.   II.   Belo   Horizonte:   Imprensa   Oficial,   Centro   de Documentação e Pesquisa Helena Antipoff (CDPHA), 1992.

ANTIPOFF, Helena W. Granja Escolar. In: Centro de Documentação e Pesquisa Helena Antipoff (CDPHA)   (Org).   Coletânea   das   obras   escritas   de   Helena      Belo Horizonte: Imprensa Oficial, 1992. 4v. 141 –152 p.

BOGDAN, R.C; BIKLEN, S.K. Investigação qualitativa em educação. Porto Editora, LTDA, 1994. p.183-93.

BRUYNE, Paul de. Metodologia e Prática da Pesquisa em Ciências Sociais.In: Dinâmica em Ciências Sociais: os polos da prática metodológica. Rio de Janeiro: F. Alves, 1991.

CAMPOS, Regina  Helena  de    Helena  Antipoff:  psicóloga  e  educadora –uma biografia intelectual. Rio de Janeiro: Fundação Miguel de Cervantes, 2012, 451 p. 

CAMPOS, R. H. de F. Helena Antipoff (1892-1974) e a perspectiva sociocultural em psicologia e educação. 2010. 269 f. Faculdade de Educação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2010.

CASTRO, Maria Angélica; ANTIPOFF, Helena. Ideais e interesses das crianças de Belo Horizonte  no  intervalo  de  cinco  anos  (1929-1934).  In:  Boletim    17 –Secretaria da Educação e Saúde Pública, 1935.

CLAPARÈDE, Psicologia  da  Criança  e  Pedagogia  Experimental. São Paulo: Ed. do Brasil S.A, 1956.

FÁVERO, O.;FREITAS, M.A Educação de Adultos e Jovens: um olhar sobre o passado e o presente. Revista Inter Ação,p.365-392, 2011.

FROTA, Ana  Maria  Monte    Diferentes  concepções  da  infância  e  adolescência:  a importância   da   historicidade   para   a   sua   construção. Estudos  e  Pesquisas   em Psicologia (UERJ),Rio de Janeiro, v. 7, n. 1, p. 147-160, 2007.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4 ed. São Paulo: Atlas, 2002.

LOURENÇO FILHO,  Manuel  Introdução  ao  estudo  da  nova  escola: bases,  sistemas  e  diretrizes  da  pedagogia  contemporânea. Rio  de  Janeiro: EdUERJ; Conselho Federal de Psicologia, 2002. 14 ed.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M.E.D.A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo, EPU, 1986.

MOLL, Um  paradigma  contemporâneo  para  a  educação  integral. Revista Pátio, 2009. Disponível em: <http://www.grupoa.com.br/revistapatio/artigo/6376/um-paradigmacontemporaneo-para-a-educacao-integral.aspx> Acesso em: 20/10/2019.

MOLL, .  Educação  Integral. Entrevista  no  CENPEC.  São  Paulo,2010. Disponível  em:  <http://www.cenpec.org.br/noticias/ler/Cenpec-entrevista-a-diretora-deEduca%C3%A7%C3%A3o-Integral-do-MEC,-Jaqueline-Moll-> Acesso em 20/04/2014. 

NARDELLI, Áurea. Granjinhas ISER -Fazenda do Rosário Minas Gerais. Belo Horizonte: Imprensa Oficial, 1969, p. 64 

ROUSSEAU, Jean-Jacques. Emílio ou Da Educação. Tradução: Sérgio Milliet. E. ed., Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995

TARDIF, Maurice; LESSARD, Claude. O Trabalho Docente: elementos para uma teoria da  docência  como profissão  de  interações    Petrópolis,  RJ: Vozes, 2005.

 

Publicado
15-04-2021
Como Citar
Pelizer, P. D. de O., Meira, C. J. de, Ferreira, G. H. G., & Rabelo, E. de F. C. (2021). GRANJINHAS ESCOLARES: IDENTIFICAÇÃO DE MUDANÇAS HISTÓRICAS DE PERCEPÇÕES SOBRE INFÂNCIA NO MUNICÍPIO DE IBIRITÉ (MG). @rquivo Brasileiro De Educação, 9(18), 19-38. https://doi.org/10.5752/P.2318-7344.2021v9n18p19-38