A CONFISSÃO DE LÚCIO: MISTÉRIO, SEDUÇÃO E AMAVIOS

  • Jaqueline Teodora Alves Cardoso PUC Minas
Palavras-chave: Literatura portuguesa. Decadentismo. Amor. Sedução. Deslizamento do significante.

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo analisar a obra A confissão de Lúcio, a fim de verificar em que medida o amor e a linguagem podem ser entendidos como fonte de criação e lugar de sedução, respectivamente. Assim, buscar-se-á corroborar a tese de que a urdidura da obra de Mário de Sá-Carneiro se dá por meio da falta, da incompletude e do deslizamento dos significantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BLANCHOT, Maurice. A questão mais profunda. In: A conversa infinita: a palavra plural. Tradução Aurélio Guerra Neto. São Paulo: Escuta, 2001, p.41-61.

LACAN, J. Televisão. Rio de Janeiro: Jorge Zahar,1993.

PERRONE-MOISÉS, Leyla. Promessas, encantos e amavios.In: Flores da es­crivaninha. São Paulo:Companhia das Letras,1990. p.13-20.

PRADO, Coelho Jacinto do. Dicionário de literatura. 3. ed. Vol I,Porto, Fi­gueirinhas, 1979, p.1. Disponível em

<http://faroldasletras.no.sapo.pt/de­cadentismo.htm> Acessado em 30 de junho de 2008.

ROQUE E CUNHA, Carla M. M. A inquietante estranheza em A Confissão de Lúcio de Mário de Sá-Carneiro. Dissertação de Mestrado em Estudos An­glo-Portugueses, apresentada à Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 1996; p.1-4. Disponivel em <http://www2.fcsh.unl.pt/ed tl/verbetes/D/duplo.htm> Acessado em 30 de junho de 2008.

SÁ-CARNEIRO, Mário. A confissão de Lúcio. São Paulo: Moderna,1996.

VIEGAS, Sônia. Amor e criatividade. In: Amor e criatividade. Caderno de textos. n.l, mar.1994, p.26-45.

Publicado
11-05-2017
Como Citar
Cardoso, J. T. A. (2017). A CONFISSÃO DE LÚCIO: MISTÉRIO, SEDUÇÃO E AMAVIOS. Cadernos CESPUC De Pesquisa Série Ensaios, (17), 94-108. Recuperado de https://periodicos.pucminas.br/index.php/cadernoscespuc/article/view/14618