Uma crítica à técnica moderna em Heidegger e Hölderlin

  • Marlon Nunes Silva CEFET - MG
Palavras-chave: literaturas de língua portuguesa, linguística, filologia

Resumo

Propomos a possibilidade de uma nova verdade que não seja apenas calculista, racionalista e projetável, mas poética e ecológica. Os conteúdos racionalizados e burocratizados proporcionam o destaque no modo de vida tecnocrático e mantém o status quo, pois: “a técnica funciona”. Considerando que os cálculos e projetos da humanidade transformam tudo em coisas, passamos a analisar este universo coisificado como sendo a única verdade. Expulsamos os poetas, valorizamos o pensar calculista e todo o resto está rapidamente sendo esquecido. Na “Introdução à Metafísica”, Heidegger salienta que o ser no domínio do cálculo torna o ente apto a ser subjugado pela técnica moderna matematicamente estruturada, que se distingue Essencialmente de todo o uso de instrumentos até então conhecido.

Palavras-chave: Crítica. Técnica. Poesia. Tradição. Heidegger e Hölderlin.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BAUDRILLARD, Jean. Simulacros e simulação. Lisboa: Relógio D’Água, 1991.

BAUDRILLARD, Jean. A sociedade de consumo. Rio de Janeiro: Elfos, 1995.

CASANOVA, Marco Antônio. Compreender Heidegger. Petrópolis: Vozes, 2009.

DESCARTES, René. Discurso do Método: Meditações. 2. ed. São Paulo: Martin Claret, 2008.

GALIMBERTI, Umberto. Psiche e techne: o homem na idade da técnica. São Paulo: Paulus, 2006.

NIETZSCHE, Friedrich Wilhelm. A genealogia da moral: texto integral. 3. ed. São Paulo: Escala, 2009.

HEIDEGGER, Martin. Ensaios e conferências. 5. ed. Petrópolis: Vozes; Bragança Paulista: Ed. Universitária São Francisco, 2008.

HEIDEGGER, Martin. Conferências e escritos filosóficos. São Paulo: Nova Cultural, 1996.

HEIDEGGER, Martin. Ser e tempo. 2. ed. Petrópolis: Vozes; Bragança Paulista: Ed. Universitária São Francisco, 2007.

HEIDEGGER, Martin. Introdução à metafísica. 4. ed. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1999.

HEIDEGGER, Martin. Hinos de Hölderlin. [S.l]: Instituto Piaget. S/D.

HUSSERL, Edmund. Investigações lógicas. São Paulo: Nova Cultural, 1996.

JONAS, Hans. O princípio responsabilidade: ensaio de uma ética para a civilização tecnológica. Rio de Janeiro: Contraponto: PUC-Rio, 2006.

LEFRANC, Jean. Compreender Nietzsche. 5. ed. Petrópolis: Vozes, 2010.

WERLE, Marco Aurélio. Poesia e pensamento em Hölderlin e Heidegger. São Paulo: Editora UNESP, 2005.

Publicado
03-05-2014
Como Citar
Silva, M. N. (2014). Uma crítica à técnica moderna em Heidegger e Hölderlin. Cadernos CESPUC De Pesquisa Série Ensaios, 1(22), 99-106. Recuperado de https://periodicos.pucminas.br/index.php/cadernoscespuc/article/view/8128