[1]
C. E. Pereira e I. F. Ferrari, “A identificação e os processos de segregação na contemporaneidade”, Cadernos CESPUC, nº 28, p. 205-210, nov. 2016.