Comunicação, contextos organizacionais e regionalidades:

leituras possíveis sobre a pandemia da Covid-19

  • Isaura Mourão Universidade Federal de Viçosa
  • Rennan Mafra Universidade Federal de Viçosa

Resumo

Este artigo propõe um exercício de reflexão acerca das noções de globalização/mundialização e sua interface com os processos comunicativos, sobretudo em contextos organizacionais. De modo mais específico, parte de enfrentamentos decorrentes da pandemia da Covid-19 que fizeram aflorar diferenças de condições sócio-econômico-políticas-culturais de cada lugar, marcadas e evidenciadas pela noção de regionalidades. A pandemia foi mundial, afetando todos os territórios do globo, mas não de maneira homogênea. Nesse sentido, a compreensão da regionalidade como complexo de relações que ganham características distintas e marcam os processos comunicativos confere um olhar que nos conduz a pensá-la como categoria analítica para a comunicação organizacional, capaz de oferecer leituras possíveis aos modos como interações e sentidos em disputa são conformados em diversos contextos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
25-03-2023
Como Citar
MOURÃO, I.; MAFRA, R. Comunicação, contextos organizacionais e regionalidades:. Dispositiva, v. 12, n. 21, p. 20-34, 25 mar. 2023.
Seção
DOSSIÊ Práticas e estratégias de comunicação organizacional no cenário pandêmico