Mitologias do consumo no quadro Comprar é bom, levar é melhor!

Palavras-chave: comunicação, consumo, mitologias, televisão, SBT

Resumo

O artigo tem como objeto enunciados de participantes do quadro "Comprar é Bom, Levar é Melhor!" do SBT. O objetivo é compreender como os enunciados mobilizam noções sobre o consumo. O referencial teórico discute os estudos de mídia e consumo em Silverstone (2005); antropologia do consumo em Douglas e Isherwood (2013); o sistema dos objetos em Baudrillard (2010; 2019); consumo e cidadania em García Canclini (2010) e estudos recentes sobre consumo no Brasil. O recurso metodológico é a Análise do Discurso de matriz francesa cotejada com o que Roland Barthes (2009) chama de Mitologias. Os resultados apontam que os enunciados mascaram formas de dominação e reforçam desigualdades. O artigo propõe uma reflexão crítica sobre o consumo que o compreenda não apenas como sinônimo de adquirir bens, mas como forma de produzir sentidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Deivison Brito Nogueira, Universidade Metodista de São Paulo

Doutorando em Comunicação Social pelo Programa de Pós-graduação em Comunicação Social da Universidade Metodista de São Paulo (Umesp), deivisong3@gmail.com, http://lattes.cnpq.br/8458084303822704

Referências

ANTUNES, Ricardo. Os sentidos do trabalho. Ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho. 2. ed. São Paulo: Boitempo, 2009.

BACCEGA, Maria Aparecida. Reflexões sobre as relações comunicação/ educação e consumo. In: MARQUES DE MELO, José (org.). Pensamento comunicacional uspiano: impasses mundializadores na Escola de Comunicações e Artes (1973-2011). Vol. 2. São Paulo: ECA/USP; Socicom, 2011. p. 203-215.

BARTHES, Roland. Mitologias. 4. ed. Rio de Janeiro: Difel, 2009.

BAUDRILLARD, Jean. Select Writings. Edited and Introduced by Mark Poster. Second Edition. Califórnia: Stanford University Press, 2002.

BAUDRILLARD, Jean. A sociedade de consumo. Lisboa: Edições 70, 2010.

BAUDRILLARD, Jean. O sistema dos objetos. 5. ed.São Paulo: Perspectiva, 2019.

BAUMAN, Zygmunt. O mal-estar da pós-modernidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998.

BAUMAN, Zygmunt. Vida para consumo. A transformação das pessoas em mercadoria. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2008.

BENETTI, Marcia. Análise do Discurso em jornalismo: estudo de vozes e sentidos. In: LAGO, Cláudia; BENETTI, Marcia (orgs.). Metodologia de pesquisa em jornalismo. 3. ed. Petrópolis: Vozes, 2010. p.107-123.

BOURDIEU, Pierre. A distinção: crítica social do julgamento. São Paulo: Edusp; Porto Alegre: Zouk, 2007.

BOURDIEU, Pierre. Sobre a televisão: seguido de influência do jornalismo e dos jogos olímpicos. Rio de Janeiro: Zahar, 1997.

CANCLINI, Néstor García. Consumidores e cidadãos: conflitos multiculturais da globalização. 8. ed. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2010.

CHARAUDEAU, Patrick. O discurso das mídias. São Paulo: Editora Contexto, 2013.

CHARAUDEAU, Patrick. Um modelo sociocomunicacional do discurso: entre situação de comunicação e estratégias de individualização. In: PAULA, Luciane de; STAFUZZA, Grenissa. Da Análise do Discurso no Brasil à Análise de Discurso no Brasil: três épocas histórico-analíticas. Uberlândia, MG: EDUFU, 2010. p. 259-284.

DOUGLAS, Mary; ISHERWOOD, Baron. O mundo dos bens. 2. ed. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2013.

EBERDACH, Margaret; MALLAC, Guy. Barthes. São Paulo: Melhoramentos, 1977.

FISK, John. Television Culture. 2. ed. Londres: Routledge, Taylor; Francis Group, 2011.

HALL, Stuart. Reflexões sobre o modelo codificação/decodificação. Uma entrevista com Stuart Hall. In: HALL, Stuart; SOVIK, Liv (org.). Da diáspora. Identidades e mediações culturais. 2. ed. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2018. p. 391-427.

MARTÍN-BARBERO, Jesús. Dos meios às mediações: comunicação, cultura e hegemonia. 2. ed. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 2003.

PÊCHEUX, Michel. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. 5. ed. Campinas: Editora Unicamp, 2016.

SILVESTONE, Roger. Por que estudar a mídia? 2. ed. São Paulo: Loyola, 2005.

SIMMEL, Georg. Psicologia do dinheiro e outros ensaios. Lisboa: Texto & Grafia, 2009.

TRINDADE, Eneus; PEREZ, Clotilde. O consumidor entre mediações e midiatização. Famecos, v. 26, n. 2, p. 3-18, maio/ago. 2019.

Publicado
18-12-2023