ESTUDO DOS FLUXOS DE CONHECIMENTOS NA GESTÃO DO CAMPUS DO SERTÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

Palavras-chave: Conhecimento, Fluxo de Conhecimento, Gestão do Conhecimento

Resumo

Esta pesquisa objetivou descrever os fluxos de conhecimentos relativos às atividades administrativas do Campus do Sertão da Universidade Federal de Alagoas, campus universitário da cidade de Delmiro Gouveia – Alagoas, no Nordeste brasileiro. Para tal, adotouse uma metodologia de caráter descritivo com abordagem quantitativa. Realizou-se um levantamento do tipo censo que pesquisou uma população de 47 servidores a partir de um questionário estruturado online; os dados coletados foram analisados por meio de estatística descritiva. Os resultados constataram que os fluxos de conhecimentos do campus compõem-se majoritariamente por conhecimentos explícitos; fluxos intradepartamentais ocorrem sempre; fluxos interdepartamentais e com instâncias superiores, ocasionalmente; o ciclo de vida do conhecimento destaca-se em práticas não baseadas em TI; falhas de comunicação são a principal barreira; o clima organizacional mostrou-se como maior facilitador; processos de Socialização e Internalização ocorrem frequentemente; Combinação e Externalização, ocasionalmente. Concluiu-se haver grande potencial dos fluxos, caracterizado pelo ambiente promissor e engajamento dos servidores, porém com necessidade de intervenção nas falhas de comunicação, baixa interação interdepartamental e armazenamento de conhecimentos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jaílson Rodrigues Pereira, UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

Mestre em administração pelo Programa de Pós-graduação em Administração da Universidade Federal de Sergipe (PROPADM/ UFS), possui graduação em administração e atua na Universidade Federal de Alagoas com o cargo de assistente administrativo.

Publicado
16-03-2023
Seção
Artigos