O PÓS-MODERNISMO NA LITERATURA E NOS ESTUDOS ORGANIZACIONAIS: MANIFESTAÇÕES E CARACTERÍSTICAS

  • Adriano Silveira Mastella Universidade do Vale do Itajaí-Univali e Instituto Federal Catarinense-IFC
  • Christiane Kleinubing Godoi Universidade do Vale do Itajaí -UNIVALI
Palavras-chave: Pós-modernismo, estudos organizacionais, literatura.

Resumo

Este ensaio tem a intenção de analisar as características do paradigma pós-moderno presentes simultaneamente nos estudos organizacionais e no campo da literatura. As características analisadas são: a) a paródia, o pastiche e a ironia; b) as identidades fragmentadas; c) a hiper-realidade - substituição do mundo real em que as simulações têm precedência sobre a ordem social contemporânea e; d) a queda das grandes narrativas. Para tanto, são tomados como exemplo a serem analisados textos produzidos no campo dos estudos organizacionais e outros do campo literário. Após a análise da manifestação de cada característica definida, desenvolve-se um painel demonstrativo das reflexões. A finalidade última deste ensaio reside em, ao analisar os antecedentes literários do pós-modernismo nos estudos organizacionais, constituir-se como um exercício de prática de ensino da epistemologia nas organizações.


 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriano Silveira Mastella, Universidade do Vale do Itajaí-Univali e Instituto Federal Catarinense-IFC

Doutorando em Administração e Turismo pela Universidade do Vale do Itajaí-UNIVALI

Professor do Instituto Federal Catarinense- Campus São Francisco do Sul

Christiane Kleinubing Godoi, Universidade do Vale do Itajaí -UNIVALI
Professora da Titular do Programa de Doutorado em Administração e Turismo do Departamento de Pós-graduação em Administração da UNIVALI
Publicado
24-07-2017
Seção
Ensaios