INOVAÇÃO EM SERVIÇOS: O USO DA TECNOLOGIA TABLETS EM EMPRESAS DO SETOR GASTRONÔMICO

  • Gabriella Archinto Marques Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Karem Kellem Costa Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Laís Vertedor Pereira Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Maria Fernanda Fazia Coutinho Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Marcos Antonio Franklin Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Roxana Maria Martinez Orrego Universidade Presbiteriana Mackenzie
Palavras-chave: Inovação em Serviços. Tecnologia. Gastronômico.

Resumo

Este artigo procura entender como ocorre o uso da tecnologia tablets em empresas do setor gastronômico. Para tanto se elaborou o seguinte problema de pesquisa: quais as implicações que o uso dos tablets em empresas do setor gastronômico podem causar na solicitação dos pedidos? O estudo foi realizado em três estabelecimentos do setor gastronômico em São Paulo e, optou-se pelo tipo de pesquisa descritiva com método qualitativo. Para o levantamento de dados, foram realizadas doze entrevistas com base em um roteiro semiestruturado. As análises das entrevistas foram feitas por meio da análise de conteúdo segundo Flores (1994), com o auxílio da ferramenta QSR NVivo 10. Os resultados demonstraram que a utilização dos tablets no processo de solicitação dos pedidos influencia na qualidade da prestação de serviços, porém para que esses resultados sejam efetivos depende do planejamento e forma de implantação nos estabelecimentos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriella Archinto Marques, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Graduada em Administração de Empresas

Karem Kellem Costa, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Graduada em Administração de Empresas

Laís Vertedor Pereira, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Graduada em Administração de Empresas

Maria Fernanda Fazia Coutinho, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Graduada em Administração de Empresas

Marcos Antonio Franklin, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Experiência profissional na área de gestão da inovação e processos organizacionais. Doutor em Administração de Empresas pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e mestre em Qualidade pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). É professor do núcleo docente permanente do Mestrado Profissional em Administração do Desenvolvimento de Negócios do Centro de Ciências Sociais e Aplicadas da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Desenvolve projetos de pesquisa aplicada em temas relacionados com gestão da inovação, sustentabilidade, redes, qualidade e ambiente organizacional. Têm publicações em congressos e revistas nacionais e internacionais nesses temas.

Roxana Maria Martinez Orrego, Universidade Presbiteriana Mackenzie
Diplom-Ingenieur für Fertigungsmesstechnik und Qualitaetssicherung (graduação em Engenharia de Gestão de Qualidade e Metrologia)- TU- Dresden, Alemanha, (1986), Mestre em Engenharia de Gestão de Qualidade e Metrologia, TU-Dresden, Alemanha, (1987), e Doutora em Engenharia Mecânica pela EESC- USP (1999). Entre 1999 e 2007 trabalhou como professora e pesquisadora na área Qualidade e Metrologia dos cursos de Engenharia (de Produção, Industrial, Mecânica com ênfase em Manutenção e de Automação e Controle) da Universidade Metodista de Piracicaba, e foi membro do Conselho de Curso de Engenharia de Produção e do Comitê Científico dessa Universidade. Atualmente, é coordenadora do Curso de Engenharia de Produção da Escola de Engenharia da Universidade Presbiteriana Mackenzie, onde também atua como professora e pesquisadora nas áreas de Engenharia do Produto, Inovação e Gestão e Avaliação de Serviços.
Publicado
18-01-2018
Seção
Artigos