O imaginário entre fronteiras da educação e da religião

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Amauri Carlos Ferreira
Vânia Noronha

Resumo

O objetivo desse artigo é discutir as contribuições da teoria do imaginário na constituição do sujeito individual e coletivo tendo como diálogo aspectos que se referem à educação e religião. Para tal, compreende que essas áreas são fundamentais na formação do homo symbolicus, que expressa pela linguagem, sua maneira de estar no mundo. O artigo ao discutir a crise do paradigma clássico apresenta a complexidade do emergente com base nas categorias analíticas presentes nesse aporte teórico, a saber: representação, mito, imagens entre outras. Com base nessas categorias estabelece-se um diálogo transdisciplinar entre os saberes que tem como ponto crucial o campo diverso do simbólico. É o simbólico que nos permite compreender as fronteiras entre as dimensões religiosas e as práticas sociais entendidas como educativas, materializadas na cultura de diversos modos. Conclui-se que a epistheme proporcionada pela teoria do imaginário é potente para pensarmos o diálogo intercultural e a superação do paradigma disciplinar presente em algumas práticas culturais, principalmente as educacionais e religiosas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
FERREIRA, A. C.; NORONHA, V. O imaginário entre fronteiras da educação e da religião. HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 15, n. 45, p. 68-91, 31 mar. 2017.
Seção
Artigos/Articles: Dossiê/Dossier
Biografia do Autor

Amauri Carlos Ferreira, PPG em Educação e PPG em Ensino da PUC Minas

Pós-doutor em Educação (UFMG), Doutor (UMESP), Mestre em Ciências da Religião (PUC-SP) e Professor de Filosofia no ISTA e nos Programas de Pós-Graduação em Educação e Ensino da PUC Minas.

Vânia Noronha, PPG em Educação da PUC Minas

Doutora (USP) e Mestre em Educação (UFMG). Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação e dos cursos de Educação Física e Pedagogia da PUC Minas.