DEFICIÊNCIA INTELECTUAL: CONHECER PARA INTERVIR

  • Erenice Natalia Soares de Carvalho Universidade Católica de Brasília
Palavras-chave: Deficiência intelectual. American Association on Intellectual and Developmental Disabilities- AAIDD. Abordagens funcionais. socioculturais do desenvolvimento.

Resumo

Este artigo discute criticamente o conceito e a classificação de deficiência intelectual, segundo os atuais sistemas internacionais de classificação e diagnóstico de transtornos mentais, tendo em vista a intervenção educacional. Focaliza abordagens funcionalistas e socioambientais predominantes na área, com destaque para o modelo funcional e multidimensional da American Association on Intellectual and Developmental Disabilities (AAIDD) - Sistema 2010. Considera a necessidade de ampliar a visão da deficiência intelectual sob enfoques socioculturais, dando ênfaseao sujeito e à subjetividade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Erenice Natalia Soares de Carvalho, Universidade Católica de Brasília
Psicóloga, fonoaudióloga, mestre e doutora em Psicologia pela Universidade de Brasília. Professora colaboradora do programa de pós-graduação stricto sensu em Psicologia da Universidade Católica de Brasília, onde integrou o corpo docente entre os anos 1996-2013. Atuou como consultora da Secretaria de Educação Especial do Ministério da Educação (1993-2003), com produção voltada à educação especial e inclusão escolar. Atualmente realiza consultoria na Secretaria de Estado de Educação do DF e organizações não-governamentais de atenção e defesa dos direitos das pessoas em situação de deficiência. Atuou como gestora e professora de ensino fundamental da Secretaria de Estado de Educação do DF (1970-1995), período em que realizou atividades docentes e contribuiu nas áreas de psicologia e fonoaudiologia. Realiza pesquisas e formação permanente de docentes em educação especial e inclusão escolar, com ênfase em currículo, deficiência intelectual e múltipla, deficiência visual e psicopedagogia, com publicações na área. Editora científica da Revista Apae Ciência. Atualmente é professora colaboradora do programa de pós-graduação stricto sensu em Psicologia da Universidade Católica de Brasília.
Publicado
14-09-2016
Seção
ARTIGOS/ARTICLES