CLASSIFICAÇÃO INTERNACIONAL DE FUNCIONALIDADE, INCAPACIDADE E SAÚDE - INSTRUMENTO DE EQUIDADE COMO JUSTIÇA SOCIAL NAS POLÍTICAS REDISTRIBUTIVAS

  • Mario Cesar Guimarães Battisti Faculdade de Ciências da Saúde de São Paulo
Palavras-chave: Funcionalidade. Incapacidade. Economia da Felicidade. Bem-estar.

Resumo

A CIF apresenta uma nova possibilidade de pensar a saúde e promove-la. Os conceitos de Funcionalidade e Incapacidade possibilitam ir além da visão já existente e mensurável da saúde, isto é, uma das mais conhecidas e antigas buscas da saúde é a de acrescentar anos à vida das pessoas. Um segundo e não menos conhecido objetivo da área é o seu aspecto mais pragmático, ou seja, acrescentar saúde à vida visando reduzir os episódios de doenças e, via de consequência, evitar a redução dos anos de vida. Todavia, o grande desafio de nosso século, e, ainda pouco explorado, é a busca de acrescentar vida aos anos e isto implica em minimizar incapacidades temporária ou permanentes e maximizar a funcionalidade das pessoas. Trata-se de buscar um superávit de funcionalidade sobre incapacidade, um saldo positivo de felicidade. De outro modo, a construção da economia da felicidade para uma sociedade do bem-estar. Contudo, uma sociedade que busca evoluir no conhecimento para a consecução desse objetivo deve, por seu turno, ultrapassar as formas autoritárias de produzir conhecimento em favor de um modelo mais democrático. Uma sociedade da economia da felicidade é uma sociedade aberta à crítica da razão, à refutação de suas próprias teorias visando apontar os seus erros potenciais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mario Cesar Guimarães Battisti, Faculdade de Ciências da Saúde de São Paulo
Possui graduação em Terapia Ocupacional pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1986) e mestrado em Filosofia-Ética pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2004). Vice-Presidente do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da Terceira Região (2004-2008), terapeuta ocupacional - Consultório Particular (27 anos e 29.350 horas de assistência clínica), Professor do Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio (2007-2009); Professor da Faculdade Integrada Metropolitana de Campinas - Metrocamp (2005-2008); Professor da Faculdade de Tecnologia César Lattes (2006-2012); Coordenador e Professor da Pós-graduação para Terapia Ocupacional (Saúde Mental e Saúde Funcional) da Faculdade de Ciências da Saúde de São Paulo - FACIS; Professor da Especialização da Faculdade de Direito de Itu - FADITU; Autor do Livro Fábulas e Fobias - Uma Viajem à Senso Percepção pela Terapia Ocupacional e Co-autor do Livro Ética do Cuidado - Código de Ética Comentado da Fisioterapia e Terapia Ocupacional; Vice-Presidente do Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (2008-2012). Conselheiro Efetivo do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da Terceira Região. Co-autor de Aplicativo facilitador da utilização da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde
Publicado
14-09-2016
Seção
ARTIGOS/ARTICLES