ANÁLISE DE TRAJETÓRIAS E O ESTUDO DO DESENVOLVIMENTO PSICOLÓGICO ADULTO

  • Priscila Pereira Mendes Nascimento
  • Maria Cláudia Santos Lopes de Oliveira
Palavras-chave: Curso de vida;, Cuidadora;, Desenvolvimento do Adulto;, Self;, Trajetórias

Resumo

Este artigo apresenta um modelo teórico-metodológico, para a análise de trajetórias biográficas em Psicologia do Desenvolvimento, que integra duas abordagens: o modelo de equifinalidade de trajetórias e a teoria do sistema de self dialógico. Baseia-se em um estudo de caso que parte de dados fornecidos por um projeto de pesquisa qualitativa sobre envelhecimento, da qual participaram seis mulheres que são a cuidadora principal de pessoa idosa da família, esta com diagnóstico de demência. O estudo original envolveu a realização de duas entrevistas individuais, genograma, mandala autobiográfica e grupo focal. Os resultados apontaram que o tornar-se cuidadora, ponto de equifinalidade das trajetórias biográficas das
participantes, foi associado a significados diversos. O cuidar funcionou como catalisador de novos processos de desenvolvimento e de prospecções de si orientadas ao futuro. No fim, o artigo avalia o valor heurístico do
arranjo teórico-metodológico proposto para o campo de estudos sobre desenvolvimento adulto e curso de vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Priscila Pereira Mendes Nascimento

Mestra em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde.

Maria Cláudia Santos Lopes de Oliveira

Pós-doutora em Desenvolvimento Humano e doutora em Educação.

Publicado
07-04-2022
Seção
Artigos / Articles / Artículos