Avaliação de um programa de promoção da saúde mental com crianças institucionalizadas

  • Joana Antão Agência Piaget para o Desenvolvimento
  • Francisca Pimentel Agência Piaget para o Desenvolvimento
  • Ana Ramos Agência Piaget para o Desenvolvimento
Palavras-chave: Crianças, institucionalização, saúde mental, qualidade de vida, promoção da saúde

Resumo

Este estudo pretende avaliar a eficácia de um programa de promoção da
saúde mental com a duração de dois anos: “Chapéu de Chuva”. A amostra
é constituída por 45 crianças residentes em instituições de acolhimento,
com idades compreendidas entre 6 e 12 anos (Mdn = 9). Os instrumentos
utilizados para a avaliação dos resultados entre os momentos pré e pós-teste
incluem o Kidscreen 27 e o “Sede de Viver”. Foram encontradas melhorias
estatisticamente significativas ao nível do bem-estar psicológico bem como
ao nível da capacidade de tomada de decisão, assertividade e resistência à
pressão de pares. Tendo em conta as melhorias encontradas em dimensões
fundamentais ao nível da saúde mental e os elevados níveis de satisfação e
envolvimento por parte do público-alvo, reflete-se acerca da importância
de dar continuidade a intervenções dessa natureza junto dessa população
vulnerável.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
11-04-2015
Seção
Artigos / Articles / Artículos