Consenco/dissenso: entre o enunciado e a enunciação

  • Hugo Mari PUC Minas
Palavras-chave: consenso/dissenso discursivo, enunciado, enunciação, polissemia,

Resumo

O texto a seguir apresenta um comentário geral sobre a questão do consenso/dissenso discursivo, considerando as suas condições de emergência na dimensão linguística e enunciativa. Na primeira parte, destaca-se a análise do problema no plano do enunciado, mostrando a importância que o conceito de estrutura assume como um padrão para a construção do consenso. Na seqüência, comentam-se os primeiros impasses da estrutura, a partir da perspectiva do dissenso a ser introduzido pela polissemia. Na parte terceira, ressalta-se a importância daenunciação, como um componente novo a introduzir ressonâncias favoráveis ao dissenso. Finalmente, apresenta-se a enunciação como um instrumento que possibilitou a proliferação de vozes na construção do sentido e, em consequência, a busca de outros parâmetros para a análise dos objetos discursivos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CHARAUDEAU, Patrick. Langage et discours: éléments de sémiolinguistique. Paris: Hachette, 1983, Lacte de langage comme mise en scene, p. 37-57.

DUCROT, Oswald. Enunciação. Enciclopédia Einaudi. Linguagem-enunciação, [s.l.] 1984, v. 2, p. 268-293.

GALMICH E, M. Semântica gerativa. Lisboa: Presença, 1979.

HASEGAWA, Kinsuke. The passive construction in English. Language, Baltimore, v. 44, n. 2, 1968.

JACQUES, Francis. Consensus et conflit: une réévaluation. In: PARRET, H . (Dir.). La communauté en paroles; communications, consensus, ruptures. Liege: Ma rdaga, 199 1. p. 96- 123.

RICOEUR, Paul. O conflito das interpretações; ensaios hermenêuticas. Rio de Janeiro: lmago, 1978. p. 56.

VANDERVEKEN, D. O que é uma força ilocucional? Cadernos de Estudos Lingüísticos, Campinas, n. 9, p. 173- 194, 1985.

VERÓN, E. A produção do sentido. São Paulo: Cultrix, 198 1.

Publicado
27-10-2000
Como Citar
Mari, H. (2000). Consenco/dissenso: entre o enunciado e a enunciação. Scripta, 4(7), 141-157. Recuperado de https://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/10382
Seção
Artigos