Alguns aspectos da metadiscursividade na resenha

  • Nair Cristina Carlos de Medeiros
Palavras-chave: Gênero do discurso, Metadiscursividade, Resenha.

Resumo

Apartir das noções bakhtinianas de gêneros do discurso, este trabalho examina um conjunto de textos, publicados no jornal Folha de S. Paulo, que refletem sobre o ato de se compor uma resenha.



Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. Trad. (a partir da edição francesa) Maria Ermantina Galvão G. Pereira. São Paulo: Martins Fontes, 1992. Os gêneros do discurso, p. 277-326.

FOLHA DE SÃO PAULO. Novo manual da redação. 9. ed. São Paulo: Folha de S. Paulo, 2000.

GRUPO FOLHA. Folha de S. Paulo, site do Grupo Folha. Disponível em: <http://www.uol.com. br/fsp>. Acesso em: 23 mai. 2002.

MACHADO, Anna Rachel. A formação de professores como lócus de construção de conhecimentos científicos. In: MAGALHÃES, M. C. C. As faces da lingüística aplicada. São Paulo: EDUC. (No prelo).

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Gêneros textuais: definição e funcionalidade. In: MACHADO, Anna Rachel; DIONÍZIO, Angela Paiva; BEZERRA, Maria Auxiliadora. (Org.). Gêneros textuais e ensino. Rio de Janeiro: Lucerna, 2002.

MOTTA-ROTH, Desirée. A construção social do gênero na resenha acadêmica. In: MOTTA-ROTH, Desirée; MEURER, José Luiz (Org.). Gêneros textuais e práticas discursivas. Bauru: EDUC, 2002.

Publicado
28-10-2002
Como Citar
Carlos de Medeiros, N. C. (2002). Alguns aspectos da metadiscursividade na resenha. Scripta, 6(11), 152-161. Recuperado de https://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/12456
Seção
Artigos