A luta de Kianda pela manutenção dos costumes ancestrais

  • Beatriz Alicia Weintraub
Palavras-chave: Costumes ancestrais, Modernidade, Imaginário social,

Resumo

Oobjetivo desta comunicação é salientar as relações existentes entre memória, tradição e modernidade, no romance O desejo de Kianda, de Pepetela, com destaque para a luta de Kianda pela manutenção dos costumes ancestrais contra os valores da modernidade, contrários à mundividência tradicional, e o modo como se exprime o imaginário social, entretecendo os fios da sociedade angolana contemporânea. Tradição, oratura, kotas, meninice, musicalidade.



Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGUESSY, Honorat. Visões e percepções tradicionais. In: Introdução à cultura africana. Trad. Ana Mafalda Leite. Lisboa: Edições 70, 1977. p. 96-100.

PADILHA, Laura Cavalcante. Entre voz e letra: o lugar da ancestralidade na ficção angolana do século XX. Niterói: Eduff, 1995.

HOLANDA, Aurélio Buarque de. Novo dicionário da língua portuguesa. 1. ed. 3a impressão. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1976.

KANDJIMBO, Luís. Apologia de Kalitangi: ensaio e crítica. Luanda: Inald, 1997.

LOUCEIRO, Clenir; FERREIRA Emília; VERA CRUZ Elizabeth. 7 Vozes. Léxico coloquial do português luso-afro-brasileiro. Aproximações. Lisboa: Lidel, 1997.

PEPETELA. O desejo de Kianda. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1977.

TRIGO, Salvato. Introdução à literatura angolana de expressão portuguesa. Porto: Brasília,

Publicado
15-10-2003
Como Citar
Weintraub, B. A. (2003). A luta de Kianda pela manutenção dos costumes ancestrais. Scripta, 7(13), 263-271. Recuperado de https://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/12519
Seção
Dossiê: Literaturas africanas de língua portuguesa