O trânsito para a melancolia na ficção angolana contemporânea

  • Laura Cavalcanti Padilha
Palavras-chave: Ficção angolana, Projeção eufórica, Projeção melancólica.

Resumo

Partindo da conceituação do tempo proposta por Santo Agostinho e da questão da reminiscência formulada por Walter Benjamin, o texto procura refletir de que modo a ficção de Boaventura Cardoso, tomada como um paradigma possível da angolana como um todo, reencena o passado, vendo-o ao mesmo tempo como elemento inseminador do presente, e possibilidade de que o futuro se possa realizar. O texto procura ainda discutir como tal espera muda de tom, passando de uma projeção eufórica, no tempo da descolonização, para uma outra, melancólica e soturna, no pós-indepêndencia, quando a edificação do projeto nacional sofre abalos e rupturas.



Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

APPIAH, Kwame Anthony. Na casa de meu pai: a África na filosofia da cultura. Rio de Janeiro: Contraponto, 1997.

BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. 7. ed. São Paulo: Brasiliense, 1994 (Obras escolhidas; v. 1).

BENJAMIN, Walter. Origem do drama barroco alemão. São Paulo: Brasiliense, 1984.

CARDOSO, Boaventura. Dizanga dia muenhu. São Paulo: Ática, 1977.

CARDOSO, Boaventura. A morte do velho Kipacaça. Lisboa: Edições 70 para a União dos Escritores Angolanos, 1987.

CARDOSO, Boaventura. O signo do fogo. Porto: Asa, 1992.

CARDOSO, Boaventura. Maio, mês de Maria. Porto: Campo das Letras, 1997.

CARDOSO, Sérgio. O olhr dos viajantes. In: NOVAES, Adauto (Org.). O olhar. São Paulo: Companhia das Letras, 1988, p. 347-360.

CASALDÁLIGA, Pedro. Entrevista. In: Isto É. São Paulo: Editora Três, 1996, 3 abr. 2002.

NETO, Agostinho. Sagrada esperança: poemas. 9. ed. Lisboa: Sá da Costa, 1979.

PEPETELA (PESTANA, Artur). A geração da utopia. Lisboa: Dom Quixote, 1992.

PEPETELA (PESTANA, Artur). O desejo de Kianda. Lisboa: Dom Quixote, 1995.

SANTO AGOSTINHO. Confissões. São Paulo: Paulinas, 1984.

SMITH, Anthony D. A identidade nacional. Lisboa: Gradiva, 1997.

Publicado
15-10-2003
Como Citar
Padilha, L. C. (2003). O trânsito para a melancolia na ficção angolana contemporânea. Scripta, 7(13), 295-301. Recuperado de https://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/12527
Seção
Dossiê: Literaturas africanas de língua portuguesa