Crônica de um mujimbo – fazendo das fraquezas forças

  • Tereza Salgado
Palavras-chave: Estrutura da narração, Estrutura da sociedade, Mujimbo, Aspectos caricaturais.

Resumo

Abordagem da obra Crônica de um mujimbo, de Manuel Rui, a partir da relação que se pode estabelecer entre o mujimbo,1 o texto e a sociedade angolana. A obra é vista como a crônica dos entraves que cerceiam a narrativa, a sociedade e a comunicação angolanas. Ressalta-se o aspecto caricato do comportamento dos personagens, seus equívocos e erros, como também os absurdos e contradições que os envolvem. As falhas e disparates que atingem a todos na narrativa não são apenas apontados, mas tornam-se também palavras-chave para a compreensão do texto, tomando conta de todas as situações e levando-nos a questionar nossos valores, padrões e comportamentos. Ainda que o riso pareça apenas denunciar os comportamentos, ele vai muito além do clássico
papel corrosivo que normalmente lhe é atribuído, pois se constrói como estratégia problematizadora da estrutura da própria narração, da sociedade e da comunicação como um todo. Ressalte-se que o quadro da crônica refere-se à situação angolana, mas pode ser estendido a qualquer lugar do planeta.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BENJAMIN, Walter. O autor como produtor. In: Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 1986.

RUI, Manuel. Crônica de um mujimbo. Luanda: UEA, 1989.

RUI, Manuel. Quem me dera ser onda. Lisboa: Edições Cotovia, 1982. Luanda: UEA, 1984.

RUI, Manuel. Regresso adiado. Luanda: UEA, 1978.

PEPETELA. O cão e os caluandas. Lisboa: Dom Quixote, 1985.

SALGADO, Maria Teresa. A presença do cômico na ficção angolana contemporânea: a tarefa de conciliar o inconciliável. 1997. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1997. (Tese de Doutorado – inédita).

XITU, Uanhenga. Mestre Tamoda e outros contos. Lisboa: Edições 70, 1974.

Publicado
15-10-2003
Como Citar
Salgado, T. (2003). Crônica de um mujimbo – fazendo das fraquezas forças. Scripta, 7(13), 349-355. Recuperado de https://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/12533
Seção
Dossiê: Literaturas africanas de língua portuguesa