Bordejando a margem (escrita feminina, cânone africano e encenação de diferenças)

  • Laura Cavalcante Padilha
Palavras-chave: Poesia africana de autoria feminina, Antologias literárias, Reafricanização de expressões estético-literárias.

Resumo

Análise da produção poética feminina africana que circulou em vários instrumentos culturais entre o fim dos anos de 1940 e princípio dos de 1960 e que encenam, de um lado, questões de gênero e, de outro, questões étnicas, enfatizando, ou não, estas últimas. Os instrumentos culturais que servem de base às reflexões são o Boletim Mensagem da Casa dos Estudantes do Império; as antologias editadas no âmbito desta mesma Casa; o Jornal de Angola, bem como outras antologias como Poesia negra de expressão portuguesa, organizada por Mário Pinto de Andrade e Francisco José Tenreiro. A análise mostrará o percurso que vai da assimilação estética à reafricanização de ritmos, sonoridades, bem como da própria temática. Por este último processo subversor, o da reafricanização, tentam as vozes poéticas rasurar os padrões estético-ideológicos ocidentais impostos culturalmente pela colonização.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AHMAD, Aijaz. Linhagens do presente. Ensaios. São Paulo: Boitempo, 2002.

ALTUNA, Raúl de Asúa. Cultura tradicional banto. Lisboa: Secretariado Arquidiocesano de Portugal, 1983.

ANDRADE, Mário Pinto de. Antologia temática de poesia africana. 2 ed. Lisboa: Sá da Costa, 1975 e 1979 (2 v.).

ANDRADE, Mário Pinto de; TENREIRO, Francisco. Poesia negra de expressão portuguesa. Lisboa: África, 1982. Edição organizada por Manuel Ferreira.

ANTOLOGIAS de poesia da Casa dos Estudantes do Império. 1961-1963. 2000, 1994.

APPIAH, Kwame Antohony. Na casa do meu pai: a África na filosofia da cultura. Rio de Janeiro: Contraponto, 1997.

BHABHA, Homi. O local da cultura. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 1998.

BLOOM, Harold. O cânone ocidental. 2. ed. Rio de Janeiro: Objetiva, 1995.

CAMÕES, Luís de. Os Lusíadas. Rio de Janeiro: Ministério da Educação e Cultura, 1972. Edição Brasileira Comemorativa do Quarto Centenário do Poema.

CANDIDO, Antonio. A educação pela noite e outros ensaios. São Paulo: Ática, 1987.

FERREIRA, Manuel (Org.). No reino de Caliban: antologia panorâmica da poesia africana de expressão portuguesa. Lisboa: Seara Nova e Plátano, 1975, 1976 e 1988 (3 v.).

FERREIRA, Manuel (Org.). 50 poetas africanos. Lisboa: Plátano, 1989.

GUERRA, Lucia. La mujer fragmentada: historias de un signo. Santiago: Cuarto Propio, 1995.

GRAMSCI, Antonio. Os intelectuais e a organização da cultura. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1985.

JORNAL de Angola. Luanda: Associação dos Naturais de Angola, 1954-1961.

LARA, Alda. Poesia. Luanda: Lito-Tipo, 1979. (Cadernos Lavra & Oficina, 18).

LARA, Alda. Poemas. 4. ed. Porto: Vertente, [s.d.].

MAGALHÃES, Isabel Allegro de. Capelas imperfeitas: configurações literárias da identidade portuguesa. In: RAMALHO, Maria Irene; RIBEIRO, António Sousa (Org.). Entre ser e estar: raízes, percursos e discursos da identidade. Porto: Afrontamento, 2002. p. 307-348.

MATA, Inocência. Literatura angolana: silêncios e falas de uma voz inquieta. Lisboa: Mar Além, 2001.

MENSAGEM. Boletim da Casa dos Estudantes do Império. Lousã: ALAC, 1996, (2v.).

NASCENTES, Antenor. Dicionário ilustrado da língua portuguesa da Academia Brasileira de Letras. Rio de Janeiro: Bloch, 1972 (6 v.).

ORLANDI, Eni. Gestos de leitura: da História no discurso. Campinas: Editora da Unicamp, 1997.

PADILHA, Laura Cavalcante. Novos pactos, outras ficções: ensaios sobre literaturas afro-luso-brasileiras. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2002 (Memórias das Letras, 10) e Lisboa: Imbondeiro, 2002.

SANTO, Alda Espírito. É nosso o solo sagrado da terra. Lisboa: Ulmeiro, 1978.

SOUSA, Noémia. Sangue negro. Maputo: Associação dos Escritores Moçambicanos, [2001].

Publicado
21-10-2004
Como Citar
Padilha, L. C. (2004). Bordejando a margem (escrita feminina, cânone africano e encenação de diferenças). Scripta, 8(15), 253-266. Recuperado de https://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/12584
Seção
Dossiê: Literaturas africanas de língua portuguesa