Análise da escritura "A bicharada novidadeira", contada por Chico dos Bonecos

  • Tereza Virgínia Ribeiro Barbosa UFMG / Unesp
  • Ana Ribeiro Grossi Araújo UFMG
Palavras-chave: Chico dos Bonecos, Brinquedo, Mito, Contação de história, Performance

Resumo

Buscamos, neste artigo, fazer uma leitura sistematizada das propostas teóricas brincantes colocadas pelo texto "A bicharada novidadeira", história escrita no livro intitulado Muitos dedos: enredos, de autoria de Francisco Marques (Chico dos Bonecos), um educador e artista mineiro. Obedecendo às sugestões teóricas da história, detemos nosso olhar sobre a história como jogo de que participam narrador e público (ou ouvinte, ou leitor), ou como resposta mítico-oracular ao sentir intrigante do mundo, ou ainda como enigma cuja resposta pertence aos iniciados na língua secreta, palavra poética. Procuramos ter sempre em vista, nesta análise, a complexa relação entre narrador e espectadores, mediada por suportes como o CD e o livro ou imediata na contação da história ao vivo.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
30-01-2017
Como Citar
Barbosa, T. V. R., & Araújo, A. R. G. (2017). Análise da escritura "A bicharada novidadeira", contada por Chico dos Bonecos. Scripta, 11(20), 289-305. Recuperado de https://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/14037
Seção
Artigos