Um teto mais amplo:

um diálogo com Virginia Woolf sobre a presença acadêmica feminina no sertão-norte brasileiro

Palavras-chave: Literatura, Academia, Experiência feminina, Perspectivas acadêmicas, Nordeste brasileiro

Resumo

Este trabalho é uma experiência em escrita criativa que toma por base o ensaio Um teto todo seu ([1929]2014), de Virginia Woolf, originalmente publicado em 1929. Alguns de seus questionamentos principais acerca dos aspectos da experiência e da presença feminina dentro do meio acadêmico foram incorporados e redimensionados para um contexto distinto – o de uma jovem brasileira, nordestina, e recém-ingressa em uma pequena Faculdade de Letras em uma universidade pública no sertão norte do país. Em uma dinâmica previamente proposta por autores como Coetzee, em Diário de um ano ruim (2008) e Elizabeth Costello (2004), neste ensaio ficcional, a voz presente no texto é a da criação e da experiência feminina, porém, por entre as linhas do texto, surgem palavras que insistem em ditar e orientar caminhos do trabalho e do pensamento, costurando discursos e visões que revelam sobre as rotações de poder dentro do ambiente acadêmico. A separação das seções em pequenos eixos temáticos é fruto de uma tentativa ensaística de rotacionar as dificuldades quanto à posição da intelectualidade feminina em uma Inglaterra de quase um século atrás ao nordeste brasileiro contemporâneo. Para além de destacar a relevância da escrita de Woolf na atualidade, o texto elabora acerca de visões sobre as perspectivas da literatura brasileira e do ensino superior no país em um cenário marginalizado, levantando questionamentos e reflexões sobre os caminhos percorridos pelas mulheres que desejam se inserir no meio literário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jorge Luiz Adeodato Junior, Universidade Federal de Pernambuco

Doutorando em Estudos Literários na Universidade Federal de Pernambuco (PPGL-UFPE). Mestre em Estudos da Tradução pela Universidade Federal do Ceará (POET-UFC). Professor no Curso de Letras na Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA, Sobral-CE).

Joana Dávila Jovino Farias, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Graduanda em Letras pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA, Sobral-CE). Atua no ensino de línguas estrangeiras na região norte do Ceará.

Referências

ASSIS, Machado de. Dom Casmurro. São Paulo: Antofágica, 2022.

BENITES, Geovana; GIORDANI, Gabhriel. Desigualdade de gênero na área científica ainda é realidade no cenário atual. Jornal da Universidade do Rio Grande do Sul (UFRGS). Porto Alegre, 13 jun. 2022. Disponível em: <https://www.ufrgs.br/jornal/elas-nas-ciencias-desigualdade-de-genero-na-area-cientifica-ainda-e-realidade-no-cenario-atual/>. Acesso em: 31 ago. 2023.

BRONTË, Charlotte. Jane Eyre. Trad. de Fernanda Abreu. São Paulo: Penguin, 2021.

BRONTË, Emily. O Morro Dos Ventos Uivantes. Tradução de Adriana Lisboa. São Paulo: Zahar, 2018.

COETZEE, J. M. Diário de um ano ruim. Tradução de José Rubens Siqueira. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

COETZEE, J. M. Elizabeth Costello. Tradução de José Rubens Siqueira. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

HONORATO, Suene. Vinde, e poetizaremos!: poemas-fichamento sobre O mestre ignorante, de Jacques Rancière. Fortaleza: Plebeu Gabinete de Leitura; Sem Nome Editora, 2020.

JESUS, Carolina Maria de. Quarto de Despejo. São Paulo: Ática, 2019.

LISPECTOR, Clarice. A Hora da Estrela. São Paulo: Rocco, 2020.

NABUCO, Carolina. A Sucessora. São Paulo: Editora Instante, 2018.

REIS, Maria F. D. Úrsula. São Paulo: Penguin, 2018.

WOOLF, Virginia. Um teto todo seu. Trad. de Bia Nunes de Sousa. São Paulo: Tordesilhas, ([1929]2014) .

WOOLF, Virginia. Orlando. Tradução de Eliane Fittipaldi e Katia Orberg. São Paulo: Martin Claret, ([1928]2019).

WOOLF, Virginia. Mrs. Dalloway. Trad. de Claudio Alves Marcondes. São Paulo: Penguin, ([1925]2017).

WOOLF, Virginia. Diário I, 1915-1918. Trad. de Ana Carolina Mesquita. São Paulo: Editora nós, 2021.

WOOLF, Virginia. Diário III, 1924-1930. Trad. de Ana Carolina Mesquita. São Paulo: Editora nós, 2021.

Publicado
31-12-2023
Como Citar
Adeodato Junior, J. L., & Farias, J. D. J. (2023). Um teto mais amplo:. Scripta, 27(61), 353-375. https://doi.org/10.5752/P.2358-3428.2023v27n61p353-375