Ritos genéticos no mercado editorial

  • Luciana Salazar Salgado
Palavras-chave: Revisão de textos, Autoria, Práticas editoriais.

Resumo

Neste artigo discuto a construção da autoria, tendo em vista o processo da produção escrita até a publicação do texto. Observase nas práticas atuais do mercado editorial, nas suas formas de tratamento dos textos destinados à publicação, aspectos discursivos da constituição da autoria que permitem apontar num texto as marcas do trabalho de um autor. Para tanto, valho-me dos desdobramentos da Análise do Discurso que consideram a língua constitutivamente opaca e polissêmica, os sujeitos como clivados e as conjunturas sociais de interlocução marcadas por lugares sociais definidos na sobreposição de temporalidades e funções de que se faz a história. Essa análise do discurso vê nos textos, ou melhor, nas práticas de textualização, as marcas da heterogeneidade e da alteridade constitutivas de todos os dizeres.



Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BORGES, Jorge Luis. (1978). Cinco visões pessoais. Trad.: Maria Rosinda Ramos da Silva. Brasília: UnB, 2002.

BRASIL. Classificação Brasileira de Ocupações. Brasília, 2002.

BRASIL. Ministério do Trabalho e Emprego. Brasília: MTE. Disponível em: <http://www.mte.gov.br> Acesso em: mai. 2009.

GRESILLON, Almuth. Alguns pontos sobre a História da Crítica Genética. In: Estudos Avançados, vol. 5, n. 11.São Paulo: Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo, p. 7-18, jan./abr. 1991.

KOELLREUTTER, Hans-Joachim. Sobre o valor e o desvalor da obra de arte. In: Estudos Avançados, vol. 13, n. 37. Dossiê Memória. São Paulo, Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo, p. 251-260, dez. 1999.

LANGAGES, n. 164re. Dossier La révision de texte. Méthodes, outils et processus. Paris: Centre Nationale du Livre, dez. 2006.

SHAH, Idries. Magia Oriental. Rio de Janeiro: Editora 3, 1973. (Biblioteca Planeta).

MAINGUENEAU, Dominique. Discurso Literário. Trad.: Adail Sobral. São Paulo: Contexto, 2006.

SOUZA FILHO, Carlos Frederico Marés de. Multiculturalismo e direitos coletivos. In: SANTOS, Boaventura de Sousa (Org.). Reconhecer para libertar: os caminhos do cosmopolitismo multicultural. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003. (Coleção Reinventar a emancipação social: para novos manifestos).

Publicado
27-07-2010
Como Citar
Salazar Salgado, L. (2010). Ritos genéticos no mercado editorial. Scripta, 14(26), 139-150. Recuperado de https://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/4356
Seção
Dossiê: Revisão de textos