[1]
M. B. N. Decat, “Por uma abordagem (in)dependência de cláusulas à luz da noção de "unidade informacional"”, Rev. SCRIPTA, vol. 2, nº 4, p. 23-38, mar. 1999.