[1]
M. Dabène, “Iletrismo, práticas e representações da escrita”, Rev. SCRIPTA, vol. 6, nº 11, p. 13-22, out. 2002.