[1]
M. R. de C. C. Oliveira, “A modalização de instâncias enunciativas”, Rev. SCRIPTA, vol. 8, nº 16, p. 79-88, mar. 2005.