[1]
C. O. Bylaardt, “Intenção e recepção em "Iracema", de José de Alencar”, Rev. SCRIPTA, vol. 11, nº 20, p. 215-227, jan. 2017.