[1]
V. L. da Silva, “A cidade divorciada de si, em Divórcio, de Ricardo Lísias”, Rev. SCRIPTA, vol. 22, nº 46, p. 11-24, dez. 2018.