[1]
J. Moeschler, “Explicitação ou implicatura? Um exemplo de comunicação intercultural”, Rev. SCRIPTA, vol. 12, nº 22, p. 117-145, jul. 2008.