INTELIGÊNCIA EMOCIONAL E ENVELHECIMENTO

  • Amanda Luiza M. Amorim Silveira¹ Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
  • Ana Claudia da Silva Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
  • Jéssica Lopes de Oliveira Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
  • Laís Aline Rodrigues Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
  • Claudia Venturini Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
Palavras-chave: Idoso, Emoções, Autocuidado, COVID-19, Depressão

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Amanda Luiza M. Amorim Silveira¹, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Discente da Fisioterapia, PUC Minas Betim.

Ana Claudia da Silva, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Discente da Fisioterapia, PUC Minas Betim.

Jéssica Lopes de Oliveira, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Discente da Fisioterapia, PUC Minas Betim.

Laís Aline Rodrigues, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Discente da Fisioterapia, PUC Minas Betim.

Claudia Venturini, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Docente do curso de Fisioterapia, PUC Minas Betim.

Publicado
04-01-2022
Como Citar
M. Amorim Silveira¹A. L., da Silva, A. C., Lopes de Oliveira, J., Rodrigues, L. A., & Venturini, C. (2022). INTELIGÊNCIA EMOCIONAL E ENVELHECIMENTO. Sinapse Múltipla, 10(2), 348-350. Recuperado de https://periodicos.pucminas.br/index.php/sinapsemultipla/article/view/27899