[1]
A. A. Rocha, “A POSSIBILIDADE DA EXECUÇÃO DA PRISÃO-PENA A PARTIR DA SEGUNDA INSTÂNCIA”, VJ, vol. 5, nº 9, p. 111-128, fev. 2021.