INTELECTO E VONTADE EM TOMÁS DE AQUINO

  • Marlon Mendes Gonçalves PUC Minas
Palavras-chave: Potências, Conhecimento, Intelecto, Vontade, Superioridade, Liberdade

Resumo

A problemática da preeminência do intelecto sobre a vontade se evidencia em maior proporção entre os escolásticos, de forma especial em Tomás de Aquino. Os estudos relacionados à relação entre intelecto e vontade na Idade Média, são inspirados em Aristóteles, nas suas mais variadas obras introduzidas no cenário medieval especialmente a partir do século XII. Haja visto que a questão da superioridade do intelecto possui fortes ligações com a filosofia do clássico Estagirita, tendo como exemplo a abstração das realidades exteriores, partindo das informações que os objetos manifestam a nós até a finalização do processo cognitivo.

Publicado
22-12-2020
Como Citar
Gonçalves, M. M. (2020). INTELECTO E VONTADE EM TOMÁS DE AQUINO. Sapere Aude, 11(22), 636-643. https://doi.org/10.5752/P.2177-6342.2020v11n22p636-643