Os rosários precederam os coturnos: o anticomunismo nas Cruzadas do Rosário em Família na América Latina e os golpes civil-militares (1960-1964) .

  • Anderson Jose Guisolphi Universidade de Passo Fundo - UPF Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
Palavras-chave: História do Catolicismo, Catolicismo no Brasil, Igreja e Estado

Resumo

O artigo trata das Cruzadas do Rosário em Família como ações anticomunistas nos meios católicos brasileiros entre 1962 e 1964. O Padre Patrick Peyton fundou nos EUA um movimento religioso católico denominado Holy Cross Family Ministries, (HCFM) - chamado no Brasil de Cruzadas do Rosário em Família -, caracterizado pela divulgação da oração do rosário associada a grandes astros e estrelas do cinema e a divulgação da oração como uma arma no combate ao comunismo nos anos da chamada Guerra Fria.  Em particular, nosso olhar se volta sobre os objetivos das Cruzadas do Rosário em Família e os interesses dos EUA, através da CIA, em patrocinar os eventos na América Latina. No Brasil, as Cruzadas do Rosário foram realizadas entre 1962 a 1964 em várias cidades, consolidando o imaginário anticomunista e estimulando a oração em família – evidenciando, deste modo, como as atividades das Cruzadas do Rosário e a atuação do Padre Patrick Peyton podem ser consideradas como vetores que ajudaram a criar um clima propício para a aceitação do golpe civil-militar em 1964.

Biografia do Autor

Anderson Jose Guisolphi, Universidade de Passo Fundo - UPF Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
Doutorando em História (UPF). Mestre em História - UPF (2013) . Licenciatura em História - UNOESC (2002). Especialização em ARQUEOLOGIA pela Universidade Regional do Alto Uruguai e das Missões (2004). Atualmente é docente no curso de Arquitetura - Unoesc, atuando nos componentes de Patrimônio Histórico e História das Cidades. Docente no curso de Arquitetura Uceff. É também servidor na UFFS - Técnico em Assuntos Educacionais na UFFS.

Referências

Referências:

ANTONIO MARIA, Padre. O Rosário de Nossa Senhora. São Paulo, DC SET Promoções (CD), 1996. Áudio.

ARNOLD, Jeanne Gosselin. A Man of Faith – Father Patrick Peyton, C.S.C., his life, mission and message. Hollywood, California: Family Theater, Inc. 1983.

BOURDIEU, Pierre. A ilusão biográfica. In: AMADO, J. FERREIRA, M. M. Usos & abusos da história oral. Rio de Janeiro: Editora da Fundação Getúlio Vargas, 1996. p.188.

DREIFUSS, René Armand. 1964: a conquista do Estado: ação política, poder e golpe de classe. 7.ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

GRACE, Peter. Carta para Percy Gjertesn, 12 de julho de 1960. Apud, GRIBBLE, 2003, p. 542.

GRIBBLE, Richard. Anti-communism, Patrick Peyton, CSC and the C.I.A. Journal of Church and State, v.45, No.3, 2003, p.535-558.

HALL, Clarence W; WHITE, William L. A Nação que salvou a si mesma. In: Seleções do Reader’s Digest, São Paulo: Editora Ypiranga S.A. nº274, Nov/1964, p. 93-120.

MOTTA, Rodrigo Patto Sá. Em guarda contra o “Perigo Vermelho”: o anticomunismo no Brasil (1917-1964). São Paulo: Perspectiva: FAPESP, 2002.

MOTTA, Rodrigo Patto Sá. Modernizando a repressão: a Usaid e a política brasileira. In: Revista Brasileira de História. São Paulo, v.30, nº59, 2010, p.237-266.

PEYTON, Patrick. All for Her – The autobiography of Father Patrick Peyton. C.S.C. New York: Doubleday & Company, Inc, 1967.

RODEGHERO, Carla Simone. Memórias e avaliações: Norte-americanos, católicos e a recepção do anticomunismo brasileiro entre 1945 e 1964. Porto Alegre: UFRGS, 2002. Tese.

SILVA, Vicente Gil da. A Aliança para o Progresso no Brasil: de Propaganda Anticomunista à Instrumento de Intervenção Política (1961-1964). UFRGS, 2008. Dissertação.

VIZENTINI, Paulo Fagundes. A Guerra Fria (1947-1987): conflito ou sistema? In: História: Debates e Tendências – v.6, n.2. Passo Fundo, ed. UPF, 2008

Publicado
05-09-2020
Como Citar
Guisolphi, A. J. (2020). Os rosários precederam os coturnos: o anticomunismo nas Cruzadas do Rosário em Família na América Latina e os golpes civil-militares (1960-1964) . Cadernos De História, 21(33), 27. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/cadernoshistoria/article/view/17185
Seção
TEMÁTICA LIVRE/FREE SUBJECT - ARTIGOS/ARTICLES