Afinal, depopulação ou expansão demográfica? O esforço de construção do sistema de registros vitais em Minas Gerais, entre 1836 e 1850

Palavras-chave: Minas Gerais, Século XIX, Demografia Histórica, Estatísticas de vida, Documentos paroquiais, Política provincial

Resumo

O presente artigo buscou apresentar uma fonte inédita levantada pelo projeto Antigos regimes demográficos e os registros paroquiais: Minas Gerais, primeira metade do século XIX, realizada pelo Núcleo de Pesquisa em História Econômica e Demográfica – NPHED do Cedeplar/UFMG. A pesquisa teve como propósito estudar o regime demográfico existente em Minas Gerais em meados do Século XIX utilizando uma fonte inédita de dados que são os formulários preenchidos pelos párocos sobre nascimentos, casamentos e óbitos, em atendimento a Lei Provincial de Nº 46, de 1836. Essa foi uma Lei que contribuiu para uma vasta produção de estatísticas vitais e, através da pesquisa, é perceptível as inúmeras possibilidades de estudos da dinâmica demográfica aliando esses registros a outras fontes como, por exemplo, as Listas Nominativas de População. Neste artigo apresenta-se a fonte, o processo de coleta e o banco de dados construído, para divulgação no meio científico e para avaliação das percepções concebidas sobre a mesma.

Biografia do Autor

Mario Marcos Rodarte, Universidade Federal de Minas Gerais

Departamento de Economia.

Área:

Demografia histórica 

História Econômica

Isabella Azevedo Oliveira, Universidade Federal de Minas Gerais

Demografia

Demografia Histórica

Referências

BACELLAR, C. DE A. P. Arrolando os habitantes no passado: as listas nominativas sob um olhar crítico. Locus: Revista de História, v. 14, p. 113–132, 2008.

BARBOSA, W. de A. Dicionário Histórico-Geográfico de Minas Gerais. Belo Horizonte: Itatiaia Limitada, 1995.

BOTELHO, Tarcísio. População e Nação do Brasil do Século XIX. Tese de doutorado (1998).

BOXER, C. R. O Império Colonial Português. São Paulo: Edições 70, 1969. v. 1.

CARVALHO, Theophilo Feu de. Comarcas e termos: creações, suppreções, restaurações, encorporações e desmenbramentos de comarcas e termos, em Minas Gerais (1709-1915). Belo Horizonte: Imprensa Official, 1922.

DINIZ, S. G.; RODARTE, M. M. S. Estatística Populacional nas Minas Oitocentista - Estudo de Caso: 1845. XIX Encontro Nacional de Estudos Populacionais. Anais...São Pedro: 2014

FONSECA, Claudia Damasceno. Arraiais e vilas d'El Rei. Espaço e poder nas Minas setecentistas. (2011).

FURTADO, Celso. O longo amanhecer: reflexões sobre a formação do Brasil. [2. ed.]. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1999. 116 p.

GODOY, MARCELO MAGALHÃES; UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS. Intrepidos viajantes e a construção do espaço: uma proposta de regionalização para as Minas Gerais do século XIX. Belo Horizonte: UFMG/CEDEPLAR, 1996 112p

HENRY, Louis. Tecnicas de analise em demografia historica. Curitiba: Univ. Federal do Parana, 1977. 165p.

RODARTE, Mario M. S. O trabalho do fogo: Perfis de domicílios enquanto unidades de produção e reprodução na Minas Gerais Oitocentista. 2008, 365 f. Tese (Doutorado em Demografia) - Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2008.

SENRA, Nelson. História das estatísticas Brasileiras: Estatísticas desejadas (1822-c. 1889). Ministerio Do Planejamento Orcamento E Gestao Instituto Bras, 2006.

SILVA, J. N. S. Investigações sobre os Recenseamentos da População Geral do Império e de cada Província per si tentados desde os tempos coloniais até hoje, Rio de Janeiro, 1870.

TEIXEIRA, H. M.. A labuta sem ciranda: crianças pobres e trabalho em Mariana. História. Questões e Debates, v. 24, 2006. (http://www.cedeplar.ufmg.br/seminarios/seminario_diamantina/2006/D06A051.pdf)

Publicado
05-03-2020
Como Citar
Rodarte, M. M., & Oliveira, I. A. (2020). Afinal, depopulação ou expansão demográfica? O esforço de construção do sistema de registros vitais em Minas Gerais, entre 1836 e 1850. Cadernos De História, 20(32), 131. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/cadernoshistoria/article/view/18547
Seção
TEMÁTICA LIVRE/FREE SUBJECT - ARTIGOS/ARTICLES