DEPRESSÃO E ANGÚSTIA: MODOS DE EXPRESSÃO NA CONTEMPORANEIDADE

Maria Bruna Mota Pereira, Jane Moreira de Azevedo

Resumo


Este artigo é o resultado de uma pesquisa de iniciação científica realizada no ano de 2015, na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, campus Arcos, com o objetivo de investigar a relação entre o fenômeno da depressão e angústia. O interesse em pesquisar o tema surgiu a partir da constatação da alta incidência do diagnóstico de depressão nos dias atuais. Esse diagnóstico é tão predominante que pode ser descrito como uma epidemia da depressão. Esta pesquisa investiga se a depressão é resultado do estilo de vida dos dias atuais e qual é a relação entre depressão e angústia. A metodologia de pesquisa utilizada foi bibliográfica. Assim, o fenômeno da depressão foi investigado por um viés social, psiquiátrico e psicanalítico. No contexto psicanalítico, este foi demarcado pela perspectiva dos termos “depressão” e “angústia”, a partir da concepção elaborada por Freud e Lacan. A análise da literatura disponível revela que 7,6% da população brasileira com mais de 18 anos apresenta este diagnóstico e que este representa 11,2 milhões de pessoas em todo o território nacional. Observamos também que existe uma relação entre angústia e depressão, causada pelo conflito entre o que o Outro exige de nós e por aquilo que o sujeito não consegue tolerar em relação aos próprios desejos. A partir deste preceito, consideramos que não é possível evitarmos o mal da depressão, pois este é um modo singular do sujeito significar as próprias experiências vividas.

Palavras-chave


Depressão; Angústia; Contemporaneidade; Desejo

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Pretextos - Revista da Graduação em Psicologia da PUC Minas

Licença Creative CommonsEsta obra está protegida com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Esta obra está bajo una Licencia Creative Commons Reconocimiento 4.0 Internacional.
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.
SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar