SENTIDOS DO TRABALHO DOS COVEIROS: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO

Isabel de Santana Iraha, Stéfany Cruz Silva, Patrícia Pinto de Paula

Resumo


Este artigo tem como objetivo refletir criticamente sobre os resultados da pesquisa realizada pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Cientifica – PROBIC PUC Minas em 2013/2014. Buscou-se construir uma compreensão dos sentidos que os coveiros dão ao seu trabalho a partir de relatos desses profissionais e possíveis correlações entre subjetividade e trabalho. Essa pesquisa teve o intuito de contribuir com as produções acadêmicas sobre os coveiros, por se tratar de uma categoria pouco estudada e promover uma reflexão sobre o universo de atuação e a invisibilidade social desses profissionais. A metodologia utilizada foi a pesquisa qualitativa e o instrumento de coleta de dados foi a entrevista semiestruturada. Foram realizadas quatro entrevistas com coveiros de dois cemitérios de Belo Horizonte. À luz da análise de conteúdo elaborou-se a discussão dos resultados, dos quais se destacam: a invisibilidade social, reconhecimento entre colegas de trabalho como fator motivador de permanência na profissão e riscos à saúde da categoria.

Palavras-chave


Trabalho dos coveiros; Trabalho e subjetividade; Psicodinâmica do trabalho

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Pretextos - Revista da Graduação em Psicologia da PUC Minas

Licença Creative CommonsEsta obra está protegida com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Esta obra está bajo una Licencia Creative Commons Reconocimiento 4.0 Internacional.
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.
SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar