NAS VEREDAS DA REPETIÇÃO: OS DESAFIOS DA APRENDIZAGEM DO CONCEITO EM PSICANÁLISE

Elizabeth Fátima Teodoro, Mardem Leandro Silva, Daniela Paula do Couto

Resumo


A pesquisa “A arte imita a vida: articulações entre psicanálise e cinema”, financiada pela FAPEMIG em 2016 que deu origem ao presente artigo partiu de um questionamento que buscava potencializar a aprendizagem dos conceitos psicanalíticos em alunos da graduação em Psicologia. Objetivou-se estudar os quatro conceitos fundamentais da psicanálise – inconsciente, transferência, pulsão e repetição – por meio da extração de passagens cinematográficas que pudessem funcionar como modelos conceituais em movimento. Neste artigo, devido à necessidade de um recorte, optou-se apresentar os resultados da pesquisa no que se refere ao conceito de repetição. Os métodos utilizados foram a investigação teórica, o método clínico e a análise fílmica. Depreendeu-se que o conceito de repetição pode ser classificado em um conceito clínico que se articula diretamente com o conceito teórico de pulsão. Assim, verificou-se uma dimensão tanto teórica quanto clínica dos conceitos fundamentais. Além disso, ao investigar o conceito esbarrou-se na necessidade de pesquisar conceitos auxiliares como compulsão, resistência e recalque, que foram articulados a recortes cinematográficos, na tentativa de demonstrar a efetividade do cinema como ferramenta na transmissão de conceitos psicanalíticos dentro da universidade. Concluiu-se que a utilização de métodos extraclasse que contemplam as tecnologias de sua época como o cinema, podem se tornar importantes ferramentas pedagógicas para a transmissão eficaz da psicanálise em um curso de graduação, visto que possibilita aos alunos realizar o exercício de uma escuta diferenciada constituída pelo processo clínico de desmontagem e montagem de diferentes cenas e narrativas com vistas à produção de novos sentidos.


Palavras-chave


Psicanálise; Cinema; Transmissão; Repetição

Texto completo:

PDF

Referências


ANTONELLO, Diego Frichs. A repetição e seus destinos na obra de Freud. 2011. 120 f. Dissertação (Mestrado em Teoria Psicanalítica) – Instituto de Psicologia, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

COSTA, Loren Alyne. O que a repetição traz de novo: as dimensões de determinismo e contingência da repetição. 2010. 85 p. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Universidade Federal de São João del-Rei, São João del-Rei, Minas Gerais.

DUNKER, Christian Ingo Lenz. Formas de apresentação do sofrimento psíquico: alguns tipos clínicos no Brasil contemporâneo. Revista Mal-Estar e Subjetividade, Fortaleza, v. 4, n. 1, mar. 2004. Disponível em: . Acesso em: 08 jun. 2016.

EASTWOOD, Clint. Sniper americano. Estados Unidos, 2015.

FAST, Omer. Remainder. Alemanha, Reino Unido e Irlanda do Norte, 2015.

FELLINI, Federico. Noites de Cabíria. França e Itália, 1957.

FREUD, Sigmund. Comunicação preliminar (1893). In: FREUD, Sigmund. Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1996, v. 2, p. 39-280.

FREUD, Sigmund. A Interpretação dos Sonhos (1900). In: FREUD, Sigmund. Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, v. 5.

FREUD, Sigmund. Fragmento da análise de um caso de histeria (1905[1901]). In: FREUD, Sigmund. Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, v. 7, p. 13-116.

FREUD, Sigmund. A dinâmica da transferência (1912). In: FREUD, Sigmund. Edição

Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1996, v. 12, p. 109-119.

FREUD, Sigmund. Recordar, repetir e elaborar (1914). In: FREUD, Sigmund. Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1996, v. 12, p. 16-174.

FREUD, Sigmund. O estranho (1919). In: FREUD, Sigmund. Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1996, v. 17, p. 238-297.

FREUD, Sigmund. Mais além do princípio de prazer (1920). In: FREUD, Sigmund. Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1996, v. 18, p. 13-72.

FREUD, Sigmund. O Projeto para uma Psicologia Científica (1950[1895]). In: FREUD, Sigmund. Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1996, v. 1, p. 333-454.

GARCIA-ROZA, Luiz Alfredo. Acaso a repetição em psicanálise: uma introdução à teoria das pulsões. 4 ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1988.

GARCIA-ROZA, Luiz Alfredo. O mal radical em Freud. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1990.

GARCIA-ROZA, Luiz Alfredo. Introdução à metapsicologia freudiana 1 – Sobre as afasias

– o projeto de 1985. Rio de Janeiro: Zahar, 1991.

GORENDER, Miriam Elza. Tempo e memória. Estudos psicanalíticos, Belo Horizonte, n. 37, p. 103-108, jul. 2012. Disponível em:

arttext&pid=S0100-34372012000100010&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 06 fev. 2017.

HASKY, Flávia. Pelas trilhas da repetição: do representacional ao pulsional no pensamento freudiano. 2008. 128f. Dissertação (Mestrado em Teoria Psicanalítica) – Instituto de Psicologia, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

HOUSTON, John. Freud além da alma. Estados Unidos, 1962.

JORGE, Marco Antônio Coutinho. Fundamentos da psicanálise de Freud a Lacan – vol. 1: as bases conceituais. 5 ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2008.

LACAN, Jacques. Função e campo da fala e da linguagem em psicanálise (1953). In: LACAN, Jacques. Escritos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998. p. 238-324.

LACAN, Jacques. O Seminário, livro 11: os quatro conceitos fundamentais da psicanálise (1964). Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2008.

MILLER, Jacques-Alain. Lacan elucidado: palestras no Brasil. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1997.

NOLAN, Christopher. Amnésia. Estados Unidos, 2001.

PENAFRIA, Manuela. Análise de Filmes – conceitos e metodologia(s). In: VI Congresso SOPCOM, abril 2009. Anais... Universidade Lusófona, Lisboa. Disponível em: . Acesso em: 20 ago. 2016.

ROUDINESCO, Elisabeth; PLON, Michel. Repetição, compulsão à. In: ROUDINESCO, Elisabeth; PLON, Michel. Dicionário de Psicanálise. Tradução [de] Vera Ribeiro; Lucy Magalhães. Rio de Janeiro: Zahar, 1998. p. 656-658.

VON TRIER, Lars. Ninfomaníaca: partes 1 e 2. Alemanha, França, Dinamarca e Bélgica, 2014.

WELLS, Simon. A máquina do tempo. Estados Unidos, 2002.

WINOCOUR, Alice. Augustine. França, 2012.

ZIZEK, Slavoj. O guia pervertido do cinema. Estados Unidos, 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Pretextos - Revista da Graduação em Psicologia da PUC Minas

Compartilhar no Facebook



Licença Creative CommonsEsta obra está protegida com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Esta obra está bajo una Licencia Creative Commons Reconocimiento 4.0 Internacional.
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.