DEPRESSÃO E SUICÍDIO: UMA CORRELAÇÃO

Gláucia Lopes Silva Assumpção, Luciele Aparecida Oliveira, Mayra Fernanda Silva de Souza

Resumo


A influência da depressão no suicídio abrange diversos fatores, como os transtornos mentais. O suicídio classifica-se por dois momentos distintos, o primeiro quando o suicídio era considerado ilegal. O segundo momento a condenação do suicídio passa ser absoluta e sem exceção. A depressão é caracterizada pelos sintomas, como tristeza, desesperança, falta de motivação e desinteresse pela vida, esses fatores são influenciadores no comportamento suicida. A relação da depressão com o suicídio está ligada a diversos fatores que se enquadram no social, pessoal e psíquico. Nesse sentido, a pesquisa bibliográfica tem como objetivo geral, explanar sobre as influências da depressão no suicídio, como também descrever sobre a depressão e suas principais características, relatar brevemente sobre o suicídio no decorrer da história e por fim apontar as influências da depressão no suicídio. O presente trabalho foi desenvolvido através de pesquisas bibliográficas e empregou em sua composição, análise diversificada de bibliografias por meio de livros, artigos, revistas entre outros. Os resultados obtidos constataram a importância, do desenvolvimento de instrumentos de prevenção e qualificação dos profissionais de saúde, juntamente com a família. Também será destacado os métodos utilizados na psicoterapia, na relação com os profissionais de saúde para o tratamento da ideação suicida. 


Palavras-chave


Depressão; Suicídio; Tratamento e Prevenção; Psicologia

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, Kelly Piacheski de. et. al. Comportamento suicida: fatores de risco e intervenções preventivas. Revista eletrônica de enfermagem, [internet], v. 12, n. 1, p. 195-200, 2010. Disponível em: < https://www.fen.ufg.br/fen_revista/v12/n1/pdf/v12n1a24.pdf >. Acesso em: 18 jan. 2017.

AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION. Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais dsm-5. 5. ed. Porto Alegre: Artmed, 2014. [E-Book]. Disponível em: . Acesso em: 16 out. 2016.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PSIQUIATRIA. Comportamento suicida: conhecer para prevenir. 1. ed. Rio de Janeiro: ABP, 2009. [E-Book]. Disponível em: . Acesso em: 20 set. 2016.

AZEVEDO, Ana Karina Silva. DUTRA, Elza Maria do Socorro. Relação amores e tentativa de suicídio na adolescência: um questão de (des)amor. Revista da Abordagem Gestáltica, Rio Grande do Norte, v.18, n. 1 2012. Disponível em: < http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1809-68672012000100004>. Acesso em: 19 maio 2017.

BARBOSA, Fabiana de Oliveira; MACEDO, Paula C. Mosca; SILVEIRA, Rosa Maria Carvalho. Depressão e Suicídio. Rev. SBPH, Rio de Janeiro, v.14, n.1, 2011. Disponível em: . Acesso em: 11 jan. 2017.

BOTEGA, Neury José. Comportamento suicida: epidemiologia. Psicologia USP, Campinas, v.25, n. 3, 2014. Disponível em: . Acesso em: 11 jan. 2017.

BRAGA, Luiza de Lima; DELL’AGLIO, Débora Dalbosco. Suicídio na adolescência: fatores de risco, depressão e gênero. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, v.6, n. 1, p. 2-14, 2013. Disponível em: . Acesso em: 12 abr. 2017.

BRASIL. Ministério da Saúde. Prevenção do suicídio: Manual dirigido a profissionais das equipes de saúde mental. Campinas, 2006.

CANALE, Alaíse; FURLAN, Maria Montserrat Diaz Pedroso. Depressão. Revista Mundi, Maringá, v. 10. n 2, 2006. Disponível em: . Acesso em: 9 abr. 2017.

CARDOSO, Hugo Ferrari. et. al. Suicídio no Brasil e América Latina: revisão bibliométrica na base de dados Redalycs. Revista da Sociedade de Psicologia do Rio Grande do Sul, Rio Grande do Sul,v.12, n.2, p. 42-48, 2012. Disponível em: . Acesso em: 12 abr. 2017.

CARVALHO, Soraya. Depressão e suicídio: aspectos psicológicos. Secretaria da Saúde do Estado da Bahia. Bahia, 2012. Disponível em: < http://www.saude.ba.gov.br/ciave/images/stories/Ciave/Ciave_PDF/Apostila_de_Psicologia_CIAVE.pdf>. Acesso em: 29 mar. 2017.

CAVALCANTE, Fátima Gonçalves; MINAYO, Maria Cecília de Souza. Suicídio entre pessoas idosas: revisão da literatura. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 44, n. 4, 2010. Disponível em: . Acesso em: 11 out. 2016.

COUTINHO, Maria da Penha de lima; KAY, Francis Leal Vieira. Depressão, comportamento suicida e estudantes de psicologia: uma análise psicossociológica. Universidade Federal de Paraíba, Paraíba, 2008. Disponível em: < file:///C:/Users/Dean/Downloads/90.-depress%C3%83o-comportamento-suicida-e-estudantes-de-psicologia.pdf>. Acesso em 20 mar. 2017.

COUTINHO, Maria da Penha de Lima; SARAIVA, Evelyn Rúbia de Alburquerque; VIEIRA, Kay Francis Leal. Entrelaçamentos entre depressão e suicídio segundo os futuros psicólogos. PUCRS, Porto Alegre, v. 41, n. 2, p. 176-183, 2010. Disponível em: < file:///C:/Users/Windows%207/Downloads/Dialnet-EntrelacamentosEntreDepressaoESuicidioSegundoOsFut-5161636.pdf>. Acesso em: 2 abr. 2017.

COUTINHO, Maria Fernanda Cruz; LINS, Carlos Estellita-; OLIVEIRA, Verônica Miranda. Acompanhamento terapêutico: intervenção sobre a depressão e o suicídio. Psyche, São Paulo, v.10, n.18, p.151-166, 2006. Disponível em: . Acesso em: 28 abr. 2017.

DURANT, Will. História da Civilização. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1957.

DURKHEIM, Émile. O suicídio: estudo de sociologia. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

FERREIRA, Renato Emanuel Campino. O Suicídio. Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, Coimbra, 2008. Disponível em: . Acesso em: 15 set. 2016.

FIGUEIREDO, Ricardo Vergueiro. Da participação em suicídio. Belo Horizonte: Del Rey, 2001.

FONSECA, José Saraiva da. Metodologia da pesquisa científica. Universidade Federal do Ceará, Ceará, 2002. Disponível em: . Acesso em: 23 set. 2016.

FREUD, Sigmund. Luto e melancolia. In: Obras psicológicas de Sigmund Freud. Vol. II. p. 284. L. A. Hanns (Coord.). Rio de Janeiro: Imago Ed., 2006.

FURTADO, Maria Heloisa da Luz Rodrigues; SOUZA, Carlos Alberto Crespo. Traumatismo Craniencefálicos e suicídio. Psychiatry on line Brasil, [S.l], v. 18, n. 9, 2013. Disponível em: . Acesso em: 25 out. 2016.

GIORDANI, Márcio Curtis. História da Grécia: antiguidade clássica I. Petrópolis: Vozes, 1984.

GONÇALES, Cintia Adriana Vieira; MACHADO, Ana Lúcia. Depressão, o mal do século: de que século?. Revista enfermagem, Rio de Janeiro, v. 15, n 2, 2007. Disponível em: . Acesso em: 18 fev. 2017.

KRÜGER, Liara Lopes; WERLANG, Guevara. A dinâmica familiar no contexto da crise suicida. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, v. 15, n. 1, p. 59-70, Porto Alegre, 2010. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/pusf/v15n1/07.pdf >. Acesso em: 20 out. 2016.

LACERDA, Acioly Luiz Tavares de; SOUZA, Thaís Rabanea. Depressão ao longo da história. Artmed, Porto Alegre, 2013. Disponível em: < http://www.larpsi.com.br/media/mconnect_uploadfiles/c/a/cap_01_72_.pdf>. Acesso em: 18 mar. 2017.

LAKATOS, Marina de Andrade; MARCONI, Eva Maria. Fundamentos de Metodologia Científica. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2003. [E-Book]. Disponível em: . Acesso em: 23 set. 2016.

LARANJEIRA, Patrícia Isabel Chacim. A relação entre depressão e ideação suicida em jovens adultos: O papel mediador da desesperança e da dor mental. UNIVERSIDADE DE ÉVORA, Évora, 2015. Disponível em: < https://dspace.uevora.pt/rdpc/bitstream/10174/16838/1/A%20rela%C3%A7%C3%A3o%20entre%20depress%C3%A3o%20e%20idea%C3%A7%C3%A3o%20suicida%20em%20jovens%20adultos%20-%20O%20papel%20mediador%20da%20desesperan%C3%A7a%20e%20da%20dor%20mental.pdf>. Acesso em: 26 abr. 2017.

LOPES, Janaína Parreira. DEPRESSÃO: UMA DOENÇA DA CONTEMPORANEIDADE. UMA VISÃO ANÁLITICO-COMPORTAMENTAL. Centro Universitário de Brasília, Brasília, 2005. Disponível em: . Acesso em: 01 Abr. 2017.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Classificação estatística internacional de doenças e problemas relacionados à saúde. 10. ed. rev. 3. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2011.

SOLOMON, Andrew. O Demônio do meio-dia: uma anatomia da depressão. Rio de Janeiro: Objetiva, 2002.

SILVA, Darlan dos Santos Damásio. et. al. Depressão e risco de suicídio entre profissionais de Enfermagem: revisão integrativa. Revista da escola de enfermagem, São Paulo, v. 46, n. 6, p. 1027-1036, 2015. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v49n6/pt_0080-6234-reeusp-49-06-1027.pdf >. Acesso em: 25 jan. 2017.

SOUSA, Juliana Sofia de. Epidemiologia, etiopatogenia, diagnóstico e tratamento farmacológico da depressão em Portugal. Universidade Fernando Pessoa, Porto, 2015. Disponível em: < http://bdigital.ufp.pt/bitstream/10284/5329/1/PPG_24560.pdf>. Acesso em: 20 mar. 2016.

TENEBAUM, Decio. Centro de Medicina psicossomática e psicologia médica. Hospital Geral da Casa da Misericórdia, Rio de Janeiro. Disponível em: . Acesso em: 1 maio 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Pretextos - Revista da Graduação em Psicologia da PUC Minas

Compartilhar no Facebook



Licença Creative CommonsEsta obra está protegida com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Esta obra está bajo una Licencia Creative Commons Reconocimiento 4.0 Internacional.
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.