ATUAÇÃO DO PSICÓLOGO NOS SERVIÇOS SUBSTITUTIVOS DE URGÊNCIA EM SAÚDE MENTAL

Daniela Paula Teixeira, Bárbara Vieira Ribeiro, João Leite Ferreira Neto

Resumo


O presente artigo tem como objetivo investigar a contribuição da trajetória formativa para a atuação dos psicólogos nos serviços substitutivos de urgência em saúde mental (CAPS) do município de Belo Horizonte/MG. Acredita-se que partir do momento que há uma melhor formação, há também um melhor preparo dos profissionais direcionados à área, havendo, consequentemente um maior nível de satisfação em relação ao atendimento de urgência na saúde mental. Para tanto, foi-se trabalhado com a abordagem de caráter qualitativo através de entrevistas semi-estruturadas. Analisou-se as falas obtidas através do método de análise de conteúdo descrito por Bardin, categorizando-se os dados em três grandes núcleos: o trabalho do psicólogo no CAPS, a urgência no novo modelo de atenção à saúde mental e a formação do psicólogo para a atuação no novo modelo de atenção à saúde mental. Constatou-se haver uma formação inadequada do psicólogo para trabalhar no serviço, deixando claro a necessidade de revisão dos currículos acadêmicos para com à saúde coletiva e à saúde mental dentre os novos padrões propostos pós reforma psiquiátrica, ou seja, à atenção psicossocial na RAPS.    


Palavras-chave


Formação do psicólogo; Saúde mental; CAPS

Texto completo:

PDF

Referências


ABDALLA, Ively Guimarães; BATISTA, Sylvia Helena; BATISTA, Nildo Alves. Desafios do Ensino de Psicologia Clínica em Cursos de Psicologia. Psicologia Ciência e Profissão, v. 28, n. 4, p. 806-819, 2008.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BRASIL, Ministério da Saúde. Rede de Atenção Psicossocial. Disponível em: . Acesso em: 17 de Junho de 2016).

BRASIL, Ministério da saúde. Saúde Mental no SUS: as novas fronteiras da Reforma Psiquiátrica. Relatório de Gestão 2007/2010. Disponível em: < http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/saude_mental_fronteiras_reforma_psiquiatrica.pdf> Acesso em 25 de junho de 2015.

BRASIL. Lei nº 8. 9.131, de 1997. Orientação para as diretrizes curriculares dos cursos de graduação. Diário Oficial da União, Brasília, 03 dez. 1997. Disponível em: . Acesso em: 29 jul. 2015.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 148, de 31 de janeiro de 2012. Brasília: Ministério da Saúde, 2002. Disponível em: Acesso em: 02 de Ago. 2016.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 336/GM, de 19 de fevereiro de 2002. Brasília: Ministério da Saúde, 2002. Disponível em: Acesso em: 12 de maio 2016.

BRASIL. Secretaria Nacional Antidrogas. Glossário de álcool e drogas. Trad. De J. M. Bertolote. Brasília: SNA, 2004.

CANTELE, Juliana; ARPINI, Dorian Mônica; ROSO, Adriane. A Psicologia no Modelo Atual de Atenção em Saúde Mental. Psicologia: Ciência e Profissão, n. 32, v. 4, p. 910-925, 2012.

CLEMENTE, Anselmo; LAVRADOR, Maria Cristina Campello; ROMANHOLI, Andrea Campos. Desafios da rede de atenção psicossocial: problematização de uma experiência acerca da implantação de novos dispositivos de álcool e outras drogas na rede de saúde mental da cidade de Vitória-ES. Polis e Psique, v. 3, n.1, 2013.

CURY, Bruno de Morais e FERREIRA NETO, João Leite. Do Currículo Mínimo às Diretrizes Curriculares: os estágios na formação do psicólogo. Psicologia em Revista, n. 3, v. 20, p. 494-512, 2014.

DEVERA, Disete e COSTA-ROSA, Abílio da. Marcos históricos da reforma psiquiátrica brasileira: transformações na legislação, na ideologia e na práxis. Rev. psicol. UNESP, n. 6, v. 1, p. 60-79, 2007.

FERREIRA NETO, João Leite. A formação do Psicólogo: Clínica, Social e Mercado. São Paulo: Escuta, Belo Horizonte: FUMEC/FCH, 2004.

FERREIRA NETO, João Leite. Psicologia, Políticas Públicas e o SUS. São Paulo: Escuta, 2004; Belo Horizonte: São Paulo: Escuta; Belo Horizonte: Fapemig, 2011.

LISBOA, Felipe Stephan e, BARBOSA, Altemir José Gonçalves. Formação em Psicologia no Brasil: um perfil dos cursos de graduação. Psicologia Ciência e Profissão, 2009, n. 29, v. 4, p. 718-737.

MESQUITA, José Ferreira de; NOVELLINO, Maria Salet Ferreira e CAVALCANTI, Maria Tavares. A Reforma Psiquiátrica no Brasil: Um Novo Olhar Sobre o Paradigma da Saúde Mental. Trabalho apresentado no XVII Encontro Nacional de Estudos Populacionais, ABEP, realizado em Caxambu - MG – Brasil, de 20 a 24 de setembro de 2010.p9. Disponível em: Acesso em 29 de jun. 2015.

MIELKE, Fernanda Barreto et al. O cuidado em saúde mental no CAPS no entendimento dos profissionais. Ciência & Saúde Coletiva, n. 14, v. 1, p. 159-164, 2009.

OLIVEIRA, Isabel Fernandes de. et al. O Psicólogo Nas Unidades Básicas De Saúde: formação acadêmica e prática profissional. Interações, n. 17, vol. 9, p. 71-89, 2004.

ONOCKO-CAMPOS, Rosana Teresa e FURTADO, Juarez Pereira. Entre a saúde coletiva e a saúde mental: um instrumental metodológico para avaliação da rede de Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) do Sistema Único de Saúde. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, n, 22, v. 5, p. 1053-1062, 2006.

BELO HORIZONTE. Prefeitura de Belo Horizonte. Rede SUS-BH amplia discussões sobre serviço de saúde mental. Publicado em 24/10/2014. Disponível em: Acesso em 25 de maio 2016.

RIBEIRO, Sérgio Luiz e LUZIO, Cristina Amélia. Diretrizes Curriculares e a Formação do Psicólogo para a Saúde Mental. Psicologia em Revista, Belo Horizonte, n. 2, v. 14, p. 203-220, 2008.

SILVA, Carolina Hepp da. Crise na saúde mental: Visão da Equipe Multiprofissional. (Monografia de especialização) Centro Universitário UNIVATES, Curso de enfermagem. Lajedo, 2013. Disponível em: . Acesso em 10 de fev. 2017.

SOUZA, Políbio de Campos. Política de Saúde Mental de Belo Horizonte: O Cotidiano de uma Utopia. Belo Horizonte: Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte, 2008. p. 112-128.

SPINK, Peter Kevin; BRIGAGÃO, Jacqueline Isaac Machado; NASCIMENTO, Vanda Lúcia Vitoriano do; BICHARA, Tatiana Alves Cordaro. Práticas Profissionais dos(as) Psicólogos(as) nos Centros de Atenção Psicossocial. Org. Conselho Federal de Psicologia Centro de Referência Técnica em Psicologia e Políticas Públicas. p 68. 1a Ed. Brasília, DF, 2009.

VIEIRA FILHO, Nilson Gomes e NÓBREGA, Sheva. A atenção psicossocial em saúde mental: contribuição teórica para o trabalho terapêutico em rede social. Estudos de Psicologia, n. 9, v. 2, p. 373-379, 2004.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Pretextos - Revista da Graduação em Psicologia da PUC Minas

Compartilhar no Facebook



Licença Creative CommonsEsta obra está protegida com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Esta obra está bajo una Licencia Creative Commons Reconocimiento 4.0 Internacional.
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.