A PERCEPÇÃO DOS IDOSOS SOBRE ASPECTOS PSICOSSOCIAIS NA VELHICE: UM ESTUDO NO CENTRO URBANO DE BELO HORIZONTE

  • Ana Carolina Gonçalves Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais
  • Júlia Saraiva Oliveira Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais
  • Nathiely Alves Vilaça Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais
  • Rayan Paiva Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais
  • Evely Najjar Capdeville Conselho Regional de Psicologia - Minas Gerais
Palavras-chave: Processo de envelhecimento, Idosos, Percepção

Resumo

O presente estudo é resultado de pesquisa exploratória desenvolvida como atividade interdisciplinar, por estudantes do segundo período do curso de Psicologia da Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais. Teve como proposta investigar a percepção dos idosos quanto aos aspectos psicossociais do seu processo de envelhecimento, em interface com os espaços públicos do hipercentro da cidade de Belo Horizonte. Os métodos utilizados foram a observação de campo em pontos estratégicos da cidade e a realização de entrevistas semiestruturadas com os transeuntes, dada a amostragem por conveniência. Objetivou-se avaliar a percepção dos idosos quanto à elementos estruturais da cidade e aspectos subjetivos desse grupo etário quanto à convivência com as pessoas próximas e o sentimento de pertencimento e inclusão em relação à cidade e à sociedade. Buscou-se, ainda, analisar o nível de satisfação dos respondentes com relação a seu processo de envelhecimento. A análise dos dados coletados foi realizada de forma a dialogar com a literatura específica no campo da Psicologia. Tendo em vista a tendência mundial de aumento demográfico de idosos, faz-se necessário o investimento em pesquisas e implementação de políticas públicas direcionadas a essa faixa etária que visem além de melhorias infra estruturais, também a inclusão efetiva do grupo dentro da sociedade.

Biografia do Autor

Júlia Saraiva Oliveira, Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais

Graduanda em Psicologia na Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais. Aluna de Iniciação Científica Voluntária para o Laboratório de Neuropsicologia do Desenvolvimento (FAFICH).

Rayan Paiva, Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais

Graduando em Psicologia na Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais, atualmente no 4º período. Atua como Presidente do Centro Acadêmico de Psicologia Valenir Machado - FCMMG e membro do colegiado do curso de psicologia na Fac. Ciências Médicas de Minas Gerais. Tem interesse em políticas públicas, direitos sociais e movimentos estudantis.

Evely Najjar Capdeville, Conselho Regional de Psicologia - Minas Gerais

Mestre em Educação pela PUC - Minas Gerais. Graduada em Filosofia e em Psicologia pela UFMG. Conselheira da XVI Plenária do CRP-04 Minas, gestão 2019-2022. Coordenadora da Comissão de Formação Profissional e membro da Comissão de Psicologia Escolar e Educacional do CRP Minas. Vice-Coordenadora da Associação Brasileira de Ensino de Psicologia ABEP-Minas, gestão 2017-2019. Delegada eleita pela Região Sudeste para a discussão das DCNs da Psicologia, junto ao CFP, Fenapsi e ABEP, em 2018. Professora Convidada vinculada ao Programa de Tutoria da Faculdade de Medicina da UFMG. Parecerista Ad Hoc da Revista Pretextos - Revista da Graduação em Psicologia da PUC Minas. Experiências anteriores de docência no curso de Pedagogia da FAE/UEMG/BH e nos cursos de Medicina e de Psicologia da Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais, Psicóloga do NAPP - Núcleo de Apoio Psicopedagógico da FCMMG. Membro de Comitê de Ética da PBH, gestão 2017. Docência em Programas de Pós-graduação e Residência Multiprofissional do HOB. Docência em diversas Instituições de Ensino Médio e Fundamental da capital mineira. 

Referências

AREOSA, Silvia Virginia Coutinho; BULLA, LeoniaCapaverde. Contexto Social e Relações Familiares: O Idoso Provedor. In: AREOSA, Silvia Virginia Coutinho. Terceira Idade na UNISC: Novos Desafios De Uma População Que Envelhece. EDUNISC. Santa Cruz do Sul, 2010.


AREOSA, S. V., & al, e. (2012). Envelhecimento: Relações pessoais e familiares.
Barbarói, 36, 120-132.


CENTEIO, Hélia et al. Aveiro: cidade amiga das pessoas idosas? Revista Brasileira
de Geriatria e Gerontologia, Rio de Janeiro, 2010.


CHAVES, Lindanor Jacó; GIL, Claudia Aranha. Concepções de idosos sobre espiritualidade relacionada ao envelhecimento e qualidade de vida. Revista Ciência & Saúde Coletiva (online), 2015


DE OLIVEIRA DUARTE, Y. A., & al, e. (Saúde Coletiva). Religiosidade e envelhecimento: uma análise. 173-177.


DIAS, Daniela da Silva Gonçalves; CARVALHO, Carolina da Silva; ARAÚJO, Cibelle Vanessa de. Comparação da percepção subjetiva da qualidade de vida e bem-estar de idosos que vivem sozinhos, com a família e institucionalizados. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, Rio de Janeiro, 2013.


ELIAS, Norbert. A solidão dos Moribundos. Jorge Zahar Editor, Rio de Janeiro, 2001.


FERREIRA, O. G. (2012). Envelhecimento ativo e sua relação com a independência. Enferm, 513-518.


GARCÍA, Esther López et al. Social network andhealthrelatedqualityofline in olderadults: a population-based a study in Spain. Qualityof Life Research, v. 14, n. 2, p. 511-520, 2005.


IBGE. (2017). População. Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Fonte: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/mg/belo-horizonte/panorama


JÚNIOR, Renato Campos Freire et al. Estudo da acessibilidade de idosos ao centro da cidade de Caratinga, MG. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, Rio de Janeiro, 2013.

MARQUES, P. Z., & CARLOS, S. A. (2006). A cultura da atividade e o trabalho com idosos.RBCEH - Revista Brasileira de Ciências do Envelhecimento Humano,, 61-69.


MIRANDA, Lívia Carvalho Viana; SOARES, Sônia Maria; SILVA, Patrícia Aparecida Barbosa. Qualidade de vida e fatores associados em idosos de um Centro de Referência à Pessoa Idosa. Ciência & Saúde Coletiva, 2016.


NAVARRO, F. M., & al, e. (2008). Percepção de idosos sobre a prática e a importância da atividade em sua vida.Revista Gaúcha Enfermagem, 596-603.


SILVA, Luípa Michele et al. Representações sociais sobre qualidade de vida para idosos. Revista Gaúcha Enfermagem, Porto Alegre (RS), 2012 mar;33(1):109-15.


SILVA, L. I. (1 de Outubro de 2003). Estatuto do Idoso. Brasília, Brasil. Fonte: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/2003/L10.741.htm


TEIXEIRA, Ilka N. D. Oliveira; NERI, Anita Liberalesso, Envelhecimento bem-sucedido: uma meta no curso da vida. Psicologia USP (online), Campinas, 2008.
Publicado
12-03-2021
Como Citar
GONÇALVES, A. C.; OLIVEIRA, J. S.; VILAÇA, N. A.; PAIVA, R.; CAPDEVILLE, E. N. A PERCEPÇÃO DOS IDOSOS SOBRE ASPECTOS PSICOSSOCIAIS NA VELHICE: UM ESTUDO NO CENTRO URBANO DE BELO HORIZONTE. Pretextos - Revista da Graduação em Psicologia da PUC Minas, v. 5, n. 10, p. 101-115, 12 mar. 2021.
Seção
Artigos de temática livre