O amor possível em José Saramago

  • Daniel Vecchio Alves UFRJ-FAPERJ / Pós-Doutorando em Letras Vernáculas
Palavras-chave: Literatura, Representação, Amor, Mulher

Resumo

Neste artigo, veremos que as histórias de amor escritas por José Saramago em Memorial do Convento (1982) e História do Cerco de Lisboa (1989) consistem em uma reunião de sutis e amplas manifestações de sentimentos e afetos que formam as virtudes do contato íntimo entre homens e mulheres. Com isso, o que observaremos em Saramago é um amor materializado na possibilidade do viver porque, como o próprio escritor afirma no livro-entrevista de Juan Arias, Saramago: o amor possível, de 2000, o amor representado em suas narrativas é sempre “possível”, sem sofrimentos desmedidos ou tarefas irrealizáveis, distante, portanto, das representações mais convencionais que se prendem aos aspectos físicos e idealizadores das relações amorosas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Vecchio Alves, UFRJ-FAPERJ / Pós-Doutorando em Letras Vernáculas

Possui formação interdisciplinar nas Ciências Humanas: é Doutor em História pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), onde foi pesquisador do CNPq. É Mestre em Estudos Literários e Licenciado em História pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), onde foi pesquisador da CAPES. Possui também formação na área educacional, com especialização em Docência no Ensino Superior pelo Senac-SP e com mestrado em Educação e Tecnologias Digitais pela Universidade de Lisboa (ULISBOA). Atualmente, é pesquisador de Pós-Doutorado em Letras Vernáculas - Estudos Literários pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com bolsa da FAPERJ / Pós-Doutorado Nota 10. Tem se dedicado aos estudos saramaguianos com produção de teses e artigos nesse tema e em todas as demais áreas de interesse, acumulando publicações em diversos periódicos científicos nacionais e internacionais. Seus interesses de pesquisa abrangem as relações entre História e Ficção, a História dos Imaginários, a História das Viagens Marítimas (incluindo sua historiografia), e a História da Literatura (com ênfase na história da literatura de língua portuguesa). Na educação, suas investigações perpassam pela História da Educação, a Coordenação Pedagógica e as Tecnologias Educacionais. ORCID: https://orcid.org/0000-0003-1696-8369

Publicado
09-09-2022
Como Citar
Alves, D. V. (2022). O amor possível em José Saramago. Cadernos CESPUC De Pesquisa Série Ensaios, (40), 194-215. https://doi.org/10.5752/P.2358-3231.2022n40p194-215