Adeus à Gestão (Escolar) Democrática DOI - 10.5752/P.2318-7344.2013v1n1p27

  • Antonio Bosco de Lima PUC Minas
Palavras-chave: Gestão democrática, Democratização, Política educacional, Gestão compartilhada.

Resumo

O presente artigo problematiza a gestão escolar atual a partir do processo de democratização na década de 1980, explicitando como a concepção de democratização daquele período foi desconstruída na década de 1990 e como, hoje, início do século XXI, o modelo de gestão vigente não contempla a perspectiva de gestão democrática (conjunto de atividades que envolvem a participação, a descentralização, a autonomia e o poder local), mas um postulado de gestão compartilhada, a qual se sustenta pela hierarquização, pela participação tutelada, pelo controle verticalizado das decisões e pela automanutenção da escola. Para fundamentar essa perspectiva teórica, o artigo busca ainda, por um campo, verificar qual é o conceito historicamente criado em torno da democracia e no campo empírico, como na escola dirigentes escolares têm articulado um conceito e construído uma prática em torno de processos dito democratizadores.

Biografia do Autor

Antonio Bosco de Lima, PUC Minas
Doutorado em Edu-cação pela PUC São Paulo (2001) e pós-doutorado pela UNICAMP (2012)
Publicado
30-08-2013
Como Citar
Lima, A. B. de. (2013). Adeus à Gestão (Escolar) Democrática DOI - 10.5752/P.2318-7344.2013v1n1p27. @rquivo Brasileiro De Educação, 1(1), 27-50. https://doi.org/10.5752/P.2318-7344.2013v1n1p27