ESPIRITUALIDADE E A VELHICE perspectivas na produção científica

Main Article Content

Deiglis Alves Moreira
Marilene Rodrigues Portella
Vicente Paulo Alves

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo apresentar uma revisão integrativa referente à temática espiritualidade e velhice. Utilizou-se a revisão integrativa da literatura com acesso nas bases de dados MEDLINE/PUBMED, Capes e Google Acadêmico. Os critérios de inclusão foram artigos completos, nos idiomas inglês, espanhol e português, no período de 2010-2019 e que apresentassem relação com a temática proposta no título, no resumo ou nos descritores, 15 artigos compuseram a amostra do estudo. A partir da essência dos conteúdos abstraíram-se três categorias: 4.1 ferramentas e validação de instrumentos para avaliar espiritualidade; 4.2 espiritualidade, velhice e sofrimento; 4.3 bem-estar espiritual e autotranscendência. A temática da espiritualidade na saúde é evidente pela robustez de estudos científicos encontrados, porém escassos no que confere a inclusão da pessoa idosa. Espera-se que este estudo fomente o debate aos profissionais de saúde para que as considerem nas práticas de tratamentos e cuidados incorporando-as nas políticas públicas de saúde, bem como na inclusão do ensino e formação de recursos humanos nos meios acadêmicos e profissionais.

Article Details

Como Citar
MOREIRA, D. A.; PORTELLA , M. R.; ALVES, V. P. ESPIRITUALIDADE E A VELHICE. INTERAÇÕES, v. 16, n. 1, p. 53-72, 27 mar. 2021.
Seção
ARTIGOS
Biografia do Autor

Deiglis Alves Moreira, Universidade de Passo Fundo RS

Mestre Envelhecimento Humano e docente em Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial da Universidade de Passo Fundo. Brasil. ORCID: 0000-0002-9378-5622. E-mail: deiglis.moreira@bol.com.br  

Marilene Rodrigues Portella , Universidade Federal de Santa Catarina

Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina. Universidade de Passo Fundo, Brasil.  ORCID: 0000-0002-8455-7126 E-mail: portella@upf.br

Vicente Paulo Alves, Universidade Católica de Brasília

Doutor em Ciências da Religião pela Universidade Metodista de São Paulo. Docente em Universidade Católica de Brasília. Brasil. ORCID: 0000-0002-1412-830X E-mail: vicerap@gmail.com

Referências

ALOSTANI, S. et al. O efeito da terapia religiosa no status cognitivo do idoso. Journal of Religion and Health. New York, 2019. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s10943-019-00904-9. Acesso em: 29 de abr. 2020.

ANDRADE, J. V.; LINS, A. L. R.; MENDONÇA, E. T. Resignificando o viver e reconhecendo a espiritualidade numa imagem de corredor. Revista Interdisciplinariedade e Espiritualidade na Educação, São Paulo, n. 11, p. 01-81, dez. 2018. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/interespe/article/view/40415/27135. Acesso em: 25 de jul. 2020.

BENG, T. S. et al. The Experiences of Suffering of Palliative Care Patients in Malaysia. American Journal of Hospice and Palliative Medicine®, [S. l.], v. 31, n. 1, p. 45–56, 5 fev. 2014. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/10.1177/1049909112458721. Acesso em: 10 de set. 2018.

BOFF, L. Espiritualidade: um caminho de transformação. Rio de Janeiro: Sextante, 2001.

BORNEMAN. et al. Avaliação do instrumento de avaliação espiritual do FICA. Journal de Pain and Sympton Management, Plymouth, v.39, n.2, p. 406-407, 2010. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/20619602/. Acesso em: 11 de set. 2018.

CARDOSO, M. C. S.; FERREIRA, M. C. Envolvimento religioso e bem estar subjetivos em idosos. Psicologia, Ciência e Profissão, Brasília, v.29, n.2, p.380-93, 2009. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?frbrVersion=4&script=sci_arttext&pid=S1414-98932009000200013&lng=en&tlng=en. Acesso em: 11 de set. 2018.

CELICH, K. L. S. et al. A dimensão espiritual no envelhecimento com qualidade de vida. In.: BETTINELLI, Luiz Antonio; PORTELLA, Marilene Rodrigues; PASQUALOTI, Adriano. Envelhecimento Humano: múltiplas abordagens, Passo Fundo: UPF Editora. p. 176-188, 2008.

COSTA, F. V.; GOTTLIEB, M. G. V.; MORIGUCHI, Y. Religiosidade e sentimento de solidão em idosos. Geriatrics, Gerontology e Aging, Rio de Janeiro, v.6, n.2, p.151-166, 2012.

COZMA, C.D.; COZMA, S. Religion and Medicine or the Spiritual Dimension of Healing. Journal for the Study of Religions and Ideologies, Cluj Napoca, v.11, n.31, p. 31-48, 2012. Disponível em: http://jsri.ro/ojs/index.php/jsri/article/view/581/531. Acesso em: 11 dez. 2018.

DUARTE, Y. A. O. et al. Religiosidade e envelhecimento: uma análise do perfil de idosos do município de São Paulo. Saúde Coletiva, São Paulo, v.5, n.24, p.173-177, 2008. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/842/84252404.pdf. Acesso em: 11 set. 2018.

ERIKSON, E.H. O Ciclo de Vida Completo. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

HAUGAN, G. et al. Relationships between self-transcendence and spiritual well-being in patients from cognitively intact nursing homes. Journal International of Older People Nursing, [S. l.], v. 9, n. 1, p. 65–78, mar. 2014a.

HAUGAN, G. The relationship between nurse-patient interaction and meaning-in-life in cognitively intact nursing home patients. Journal of Advanced Nursing, Inglaterra, v. 70, n. 1, p. 107–120, jan. 2014b.

HAUGAN, G. The FACIT-Sp spiritual well-being scale: an investigation of the dimensionality, reliability and construct validity in a cognitively intact nursing home population. Journal Scandinavian of Caring Sciences, Sweden, v. 29, n. 1, p. 152–164, mar. 2015.

HILL, P.C. et al. Conceituando religião e espiritualidade: pontos de comunhão, pontos de partida. Journal for The Theory of Social Behaviour, [S.l.], v.30, p. 51-77, 2000. Disponível em: https://doi.org/10.1111/1468-5914.00119. Acesso em: 21 de dez. 2018.

HOSSEINI, S., CHAURASIA, A., OREMUS, M. O efeito da religião e da espiritualidade na função cognitiva: uma revisão sistemática. The Gerontolist, Oxford, v.59, p.76-85. 2019. Disponível em: https://academic.oup.com/gerontologist/article/59/2/e76/3819372. Acesso em: 29 de abr. 2020.

IBGE. Projeção da população do Brasil e das Unidades da Federação. Brasil: 2018.

KOENIG, H.G., MCCULLOUGH, M.E., LARSON, D.B. Handbook of religion and health. New York: Oxford University Press, 2001.

LAVRETSKY, H. Spirituality and Aging. Aging Health, London, v.6, n.6, p. 749(21), 2010. Disponível em: http://dx.doi-org.ez116.periodicos.capes.gov.br/10.2217/ahe.10.70. Acesso em: 7 mai 2020.

LE, T. N. Life Satisfaction, Openness Value, Self-Transcendence, and Wisdom. [S. l.], Journal of Happiness Studies, v. 12, n. 2, p. 171–182, 2011. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s10902-010-9182-1. Acesso em: 9 dez. 2018.

LEACH, C. R.; SCHOENBERG, N. E. Striving for Control: Cognitive, Self-Care, and Faith Strategies Employed by Vulnerable Black and White Older Adults with Multiple Chronic Conditions. Journal of Cross-Cultural Gerontology, [S. l.], v. 23, n. 4, p. 377–399, 6 dez. 2008. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s10823-008-9086-2. Acesso em: 11 dez. 2018.

LIN, K. P. et al. Religious affiliation and the risk of dementia in Taiwanese elderly. Archives of Gerontology and Geriatrics, [S. l.], v. 60, n. 3, p. 501–506, 2015. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.archger.2015.01.009. Acesso em: 25 out. 2018.

LIN, Y. C.; WANG, C. J.; WANG, J. J. Effects of a gerotranscendence educational program on gerotranscendence recognition, attitude towards aging and behavioral intention towards the elderly in long-term care facilities: A quasi-experimental study. Nurse Education Today, [S. l.], v. 36, p. 324–329, 2016. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.nedt.2015.08.013 Acesso em: 17 nov. 2018.

LOPES, J. Acompanhamento Psicológico. In: DURGANTE, Carlos Eduardo (Org.). Fé na Vida. Porto Alegre: Francisco Spinelli; 2017, p.107-125.

LUCCHETTI. et al. Validação da versão em português da escala de Avaliação Funcional da Terapia da Doença Crônica - Bem-estar Espiritual (FACIT-SP 12) entre Internados Psiquiátricos Brasileiros. Jornal de Religião e Saúde, New York, v.54, n.2, p. 112-121, 2015. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s10943-013-9785-z. Acesso em: 11 dez. 2018.

MENDES, K.D.S. et al. Revisão integrativa: Método de Pesquisa para a Incoorporação de Evidências na Saúde e na Enfermagem. Texto e Contexto Enfermagem, Florianópolis, v.17, n.4, p. 758-764, 2008. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/714/71411240017.pdf. Acesso em: 11 dez. 2018.

MONOD, S. et al. Validation of the spiritual distress assessment tool in older hospitalized patients. BMC Geriatrics, [S. l.], v. 12, n. 1, p. 13, 2012. Disponível em: https://bmcgeriatr.biomedcentral.com/articles/10.1186/1471-2318-12-13. Acesso em: 11 out. 2018.

NETO, L. F.; LOTUFO, JR.; MARTINS, J. C. Influência da religião sobre a saúde mental, São Paulo: ESETec, 2009.

NUNES, W.; ALVES, V. P. Velhice e conversão religiosa e suas implicações para os estudos gerontológicos. Revista Kairós Gerontologia, São Paulo, v. 18, n. 2, p. 125–148, 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/sdeb/v41n115/0103-1104-sdeb-41-115-1102.pdf. Acesso em 4 maio. 2020.

PENNYCOOK, G. et al. Analytic cognitive style predicts religious and paranormal belief. Cognition, [S. l.], v. 123, n. 3, p. 335–346, jun. 2012. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0010027712000534?via%3Dihub. Acesso em: 25 out. 2018.

PIRUTINSKY, S.; CARP, S.; ROSMARIN, D. H. A Paradigm to Assess Implicit Attitudes towards God: The Positive/Negative God Associations Task. New York, Journal of Religion and Health, v. 56, n. 1, p. 305–319, 8 fev. 2017. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007%2Fs10943-016-0303-y. Acesso em: 12 dez. 2018.

RIBEIRO, Mariana dos Santos. et al. Estratégias de enfrentamento de idosos frente ao envelhecimento e à morte: revisão integrativa. Revista brasileira de Geriatria e Gerontologia, Rio de Janeiro, v. 20, n. 6, p. 869-877, dez. 2017. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1809-98232017000600869&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 12 abr. 2019.

ROCHA, A. C. A. L.; CIOSAK, S. I. Doença Crônica no Idoso: Espiritualidade e Enfrentamento. Revista da Escola de Enfermagem da USP, São Paulo, v. 48, n. spe2, p. 87-93, Dec. 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342014000800087&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 12 abr. 2019.

SOUSA, M.T. et al. Revisão integrativa: o que é? e como fazer? Einstein, São Paulo, v.8, p. 102-106, 2010.
SCHREIBER, J. A.; EDWARD, J. Image of God, Religion, Spirituality, and Life Changes in Breast Cancer Survivors: A Qualitative Approach. Journal of Religion and Health, New York, v. 54, n. 2, p. 612–622, 2014. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s10943-014-9862-y. Acesso em: 11 nov. 2018.

SELBY, J. Sete mestres, um caminho: segredos de meditação dos maiores mestres do mundo, São Paulo: Pensamento, 2004.

SIDDALL, P. J. et al. The impact of pain on spiritual well-being in people with a spinal cord injury. Spinal Cord, [S. l.], v. 55, n. 1, p. 105–111, 31 jan. 2017. Disponível em: https://www.nature.com/articles/sc201675. Acesso em: 14 dez. 2018.

STROUT, K. A.; HOWARD, E. P. Five Dimensions of Wellness and Predictors of Cognitive Health Protection in Community-Dwelling Older Adults. Journal of Holistic Nursing, [S. l.], v. 33, n. 1, p. 6–18, 27 mar. 2015. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/full/10.1177/0898010114540322?casa_token=RJojlOeNWiEAAAAA%3AhcGHvLFkCj0OlQHK47N08i1QSIKYyhONg73jHYdnB3P_znY-bltHnpvgGbxwpg_YQ0pyac80eVoZNw. Acesso em: 17 dez. 2018.

VELASCO-GONZALEZ, L.; RIOUX, L. The Spiritual Well-Being of Elderly People: A Study of a French Sample. Journal of Relig ion and Health, New York, v. 53, p. 1123–1137, 2014. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007%2Fs10943-013-9710-5. Acesso em: 13 out. 2018.

WALDRON-PERRINE, B. et al. Religion and spirituality in rehabilitation outcomes among individuals with traumatic brain injury. Rehabilitation Psychology, [S. l.], v. 56, n. 2, p. 107–116, 2011. Disponível em: https://doi.org/10.1037/a0023552Acesso em: 12 out. 2018.