IMAGINAÇÃO E IDENTIDADE NO PROCESSO NARRATIVO DE UMA PROFESSORA

Palavras-chave: Identidade, Narrativa, Imaginação, Docente, Self.

Resumo

Este estudo teve como objetivo investigar a constituição identitária de uma
professora, na narrativa de sua história de vida, considerando a imaginação
no processo narrativo. Realizamos uma abordagem do self dialógico, por
meio de entrevista narrativa e episódica, com uma professora de Biologia,
do 6º ao 9º ano, de uma escola particular do Distrito Federal. Na pesquisa,
utilizamos a análise temática dialógica da conversação com tabela e mapa
semiótico. Reconhecemos que a identidade docente se constitui como
processo dialógico do self com a participação da imaginação na elaboração da
imagem que o indivíduo tem de si como herói de sua história. Os resultados
sugerem uma diferença entre o posicionamento docente da professora e
o seu contexto profissional, consequente da relação dialógica entre seus
posicionamentos e o valor da afetividade na relação com os alunos.

Biografia do Autor

Patrício Câmara Araújo, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Maranhão

Doutor em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde pela Universidade de Brasília (UnB), professor de Filosofia/Metodologia da Investigação Científica do IFMA – Campus Barreirinhas. Endereço: Rodovia MA-225, Km 4 - Povoado Santa Cruz, Barreirinhas-MA, Brasil. CEP: 65590-000.

Fabrícia Teixeira Borges, Universidade de Brasília

Doutora em Psicologia pela UnB, professora no Instituto de Psicologia da UnB e orientadora no Programa de Pós-Graduação em Psicologia do Desenvolvimento e Escolar (PGPDE/UnB). Endereço: Campus Universitário Darcy Ribeiro ICC Sul, Brasília-DF, Brasil. CEP: 70910-900

Publicado
16-02-2021
Seção
Artigos / Articles / Artículos